Rio Piracicaba

Rio Piracicaba
Rio Piracicaba cheio (foto Ivana Negri)

Patrimônio da cidade, a Sapucaia florida (foto Ivana Negri)

Balão atravessando a ponte estaiada (foto Ivana Negri)

Diretoria

Diretoria da Academia Piracicabana de Letras

Presidente– Gustavo Jacques Alvim
Vice-Presidente– Cassio Camilo Almeida de Negri
Primeiro Secretário – Carmen Maria da Silva Fernandes Pilotto
Segundo Secretário – Evaldo Vicente
Primeiro Tesoureiro – Antônio Carlos Fusatto
Segundo Tesoureiro – Waldemar Romano
Bibliotecária – Aracy Duarte Ferrari

Conselho Fiscal

Walter Naime
Cezário de Campos Ferrari

Editor e Jornalista Responsável
João Umberto Nassif

Conselho editorial

Antonio Carlos Neder
Ivana Maria França de Negri
Carmen Maria da Silva Fernandez Pilotto
Myria Machado Botelho


Seguidores

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Colaboração do Acadêmico Hugo Pedro Carradore - Cadeira no 32 - Patrono: Thales Castanho de Andrade



Mensagem para o futuro - Admirável Mundo Novo


As lágrimas já secaram de tanto esperar.
Rindo e depois chorando,
no túmulo dos desenganos
as esperanças foram sepultadas,
depois de tanto esperar.
Mas em alguma parte, haverá um mundo sem espera.
Uma nova ordem:
ordem liberdade,
ordem de amar,
ordem de solidariedade,
ordem de sonhar,
ordem de igualdade...
Um mundo onde não se pregará revolução,
onde as crianças viverão infância sem bombas,
onde haverá perdão,
onde não se falará com ódio,
onde haverá paz n’alma e no coração.
Haverá um mundo cheio de praças,
emolduradas de namorados.
Praças
cheias de crianças,
sem homens desocupados.
Este será o mundo novo,
onde as vozes não serão murmúrios,
onde as praças serão do povo,
onde a liberdade não estará disfarçada,
e os poetas poderão fazer versos
sem falar em misérias e não serão vazios
porque nada poderá conter vazios,
sem olhos vazios,

vazios,
corações vazios,
mentes vazias,
vidas vazias...
Haverá um mundo,
onde os negros serão negros,
mas terão um futuro branco nesse mundo;
porque os brancos não serão diferentes dos negros.
Neste mundo poder-se-á cantar
sem ganhar;
rir,
por querer;
ter, sem pedir:
haver, sem condicionar:
amar,
sem temer;
não apenas existir,
mas, realmente, ser.
Este será o mundo novo.
Mundo em que todos serão povo.
Mundo em que se poderá encontrar o amor,
sem homens pervertidos pela perversão,
sem crianças com fome de pão
e de alfabetização.
Mundo sem dor;
sem mulheres da vida,
mortas em vida.
Mundo sem sangue e guerras,
sem arames farpados,
onde se cobrirão de verde as terras,
e os camponeses não serão esfarrapados,
onde não se poderá ver
tanta gente sofrer,
onde os dias
não serão como as noites,
e as noites
serão claras como os dias,
onde os seios serão coletivos, sem nome
para que não morram mais crianças de fome.
Neste mundo a verdade não terá pudor,
e aparecerá nua diante dos olhos de todos.
A juventude e os pássaros serão livres,
e no lugar de cada cadeia se erguerá uma escola.
Um mundo de homens livres,
porque a liberdade se agasalhou no coração do povo,
neste admirável MUNDO NOVO.

Nenhum comentário:

Galeria Acadêmica

Alexandre Sarkis Neder - Cadeira n° 13 - Patrono: Dario Brasil
André Bueno Oliveira - Cadeira n° 14 - Patrono: Branca Motta de Toledo Sachs
Antonio Carlos Fusatto - Cadeira n° 6 - Patrono: Nélio Ferraz de Arruda
Antonio Carlos Neder - Cadeira n° 15 - Patrono: Archimedes Dutra
Aracy Duarte Ferrari - Cadeira n° 16 - Patrono: José Mathias Bragion
Armando Alexandre dos Santos- Cadeira n° 10 - Patrono: Brasílio Machado
Barjas Negri - Cadeira no 5 - Patrono: Leandro Guerrini
Carla Ceres Oliveira Capeleti - Cadeira n° 17 - Patrono: Virgínia Prata Gregolin
Carmen Maria da Silva Fernandez Pilotto - Cadeira n° 19 - Patrono: Ubirajara Malagueta Lara
Cássio Camilo Almeida de Negri - Cadeira n° 20 - Patrono: Benedito Evangelista da Costa
Cezário de Campos Ferrari - Cadeira n° 12 - Patrono: Ricardo Ferraz do Amaral
Edson Rontani Júnior - Cadeira n° 18 - Patrono: Madalena Salatti de Almeida
Elda Nympha Cobra Silveira - Cadeira n° 21 - Patrono: José Ferraz de Almeida Junior
Ésio Antonio Pezzato - cadeira no 31 - Patrono Victorio Angelo Cobra
Evaldo Vicente - Cadeira n° 23 - Patrono: Leo Vaz
Felisbino de Almeida Leme - Cadeira n° 8 - Patrono: Fortunato Losso Netto
Geraldo Victorino de França - Cadeira n° 27 - Patrono: Salvador de Toledo Pisa Junior
Gregorio Marchiori Netto - Cadeira n° 28 - Patrono: Delfim Ferreira da Rocha Neto
Gustavo Jacques Dias Alvim - Cadeira n° 29 - Patrono: Laudelina Cotrim de Castro
Ivana Maria França de Negri - Cadeira n° 33 - Patrono: Fernando Ferraz de Arruda
Jamil Nassif Abib (Mons.) - Cadeira n° 1 - Patrono: João Chiarini
João Baptista de Souza Negreiros Athayde - Cadeira n° 34 - Patrono: Adriano Nogueira
João Umberto Nassif - Cadeira n° 35 - Patrono: Prudente José de Moraes Barros
Leda Coletti - Cadeira n° 36 - Patrono: Olívia Bianco
Maria Helena Vieira Aguiar Corazza - Cadeira n° 3 - Patrono: Luiz de Queiroz
Marisa Amábile Fillet Bueloni - cadeira no32 - Patrono Thales castanho de Andrade
Marly Therezinha Germano Perecin - Cadeira n° 2 - Patrona: Jaçanã Althair Pereira Guerrini
Maria de Lourdes Piedade Sodero Martins - Cadeira n° 26 - Patrono: Nelson Camponês do Brasil
Mônica Aguiar Corazza Stefani - Cadeira n° 9 - Patrono: José Maria de Carvalho Ferreira
Myria Machado Botelho - Cadeira n° 24 - Patrono: Maria Cecília Machado Bonachela
Newman Ribeiro Simões - cadeira no 38 - Patrono Elias de Mello Ayres
Olívio Alleoni – Cadeira n° 25 – Patrono: Francisco Lagreca
Paulo Celso Bassetti - Cadeira n° 39 - Patrono: José Luiz Guidotti
Raquel Delvaje - Cadeira no 40 - Patrono Barão de Rezende
Rosaly Aparecida Curiacos de Almeida Leme - Cadeira n° 7 - Patrono: Helly de Campos Melges
Sílvia Regina de OLiveira - Cadeira no 22 - Patrono Erotides de Campos
Valdiza Maria Caprânico - Cadeira no 4 - Patrono Haldumont Nobre Ferraz
Vitor Pires Vencovsky - Cadeira no 30 - Patrono Jorge Anéfalos
Waldemar Romano - Cadeira n° 11 - Patrono: Benedito de Andrade
Walter Naime - Cadeira no 37 - Patrono Sebastião Ferraz