Rio Piracicaba

Rio Piracicaba
Rio Piracicaba cheio (foto Ivana Negri)

Patrimônio da cidade, a Sapucaia florida (foto Ivana Negri)

Balão atravessando a ponte estaiada (foto Ivana Negri)

Diretoria

Diretoria da Academia Piracicabana de Letras 2018/2021

Presidente– Vitor Pires Vencovsky
Vice-Presidente– Cassio Camilo Almeida de Negri
Primeira Secretária – Ivana Maria França de Negri
Segunda Secretária – Carmen Maria da Silva Fernandes Pilotto
Primeiro Tesoureiro – Edson Rontani Junior
Segundo Tesoureiro – Waldemar Romano
Bibliotecária – Aracy Duarte Ferrari

Conselho Fiscal
Gustavo Jacques Dias Alvim
Alexandre Neder
Walter Naime

Editor e Jornalista Responsável
João Umberto Nassif

Conselho editorial

Evaldo Vicente
Antonio Carlos Fusatto
Ivana Maria França de Negri
Carmen Maria da Silva Fernandez Pilotto



Seguidores

terça-feira, 31 de julho de 2018

Convite de lançamento

 Capa
 Contracapa

CASA EM RUÍNAS



 Elda Nympha Cobra Silveira

Aquela casinha distante
Recortada no horizonte
Em ruínas e sem valor
Derramava suas lágrimas
Recordando quanta vida
Preencheram suas paredes
E tudo mais ao seu redor

Um casal apaixonado
Gritinhos de crianças
Ecoavam pelo ar e
Agora sem calor
Sem abrigo
O vento frio estilhaçando as janelas
Levando restos de saudades
Suspiros de amor.

Convite

 ENCONTRO NACIONAL DE ACADEMIAS DE LETRAS



Academia Lavrense de Letras


quarta-feira, 18 de julho de 2018

Prêmio Escriba de Poesia 2018

Encontram-se abertas as inscrições para o 14o Prêmio Escriba de Poesia
Ficha de inscrição e regulamento no site da Biblioteca Municipal


A Prefeitura do Município de Piracicaba, por meio da Secretaria Municipal da Ação Cultural e Turismo e da Biblioteca Municipal de Piracicaba “Ricardo Ferraz de Arruda Pinto”, anuncia que estão abertas as inscrições para o 14º Prêmio Escriba de Poesia. Cada participante deverá enviar duas poesias em português, de autoria própria e temática livre. Poderão participar candidatos de qualquer localidade, com idade mínima de 15 anos. Serão selecionadas 31 poesias para compor uma antologia, editada em formato digital e disponibilizada para download gratuito neste site. Os três primeiros lugares e o melhor de Piracicaba receberão, como premiação, troféus e os seguintes valores:
1º lugar: R$ 4000,00
2º lugar: R$ 3000,00
3º lugar: R$ 2000,00
Melhor de Piracicaba: R$ 1500,00
O período de inscrição é de 11 de junho a 03 de agosto.
Para se inscrever, consulte o Regulamento e preencha a Ficha de Inscrição, disponíveis para download na página:
Prêmio Escriba é um concurso literário de projeção que recebe trabalhos em português vindos de todo o Brasil e também de outros países, notadamente Portugal, Angola, Moçambique, Estados Unidos, Japão, entre outros. O Prêmio teve sua primeira edição em 1990, na modalidade Poesias. Em 1997, foi instituída a edição para Contos, e, a partir de então, os dois gêneros passaram a se alternar a cada ano. Em 2011, foi criado o Prêmio Escriba de Crônicas, completando o anseio da Organização e dos Participantes de abarcar mais amplamente os gêneros literários. Dessa forma, alternando anualmente Poesias, Contos e Crônicas, o Escriba chega, em 2018, com o 14º Prêmio Escriba de Poesia, a sua 26ª edição.
Para maiores informações, entre em contato pelo telefone (19) 3433-3674 ou pelo e-mail premioescriba@piracicaba.sp.gov.br

sexta-feira, 13 de julho de 2018

Sinfônica



Marisa Bueloni

O maestro é um anjo
De costas
Gesticulando as duas asas.

Vibra o corpo retumbante
Seu cabelo em desalinho
Dá-lhe um ar estupefacto.

Domina a música e o ar à sua volta:
- o maestro conversa com o sonoro
e rege os ventos! 
Da ponta dos seus dedos sai um quase psiu
E ele faz um aqui ó
Para o músico do fagote.

Gosto quando ele imita um bailado com as mãos
Concentra-se e fala com Deus.

A orquestra toca suave:           
O maestro está rezando.





segunda-feira, 9 de julho de 2018

REFLEXÃO


Antonio Carlos Fusatto
O homem,
é o único animal
                   não
                         alado,
                    capaz de realizar
                              voos
sublimes e mirabolantes,
                  através
                          do
                             pensamento.

                                           Com
                                                discernimento e ponderação,
                                                        seleciona
                                                o essencial,
                                                         descartando o fútil
                                                              e,          
                                                      o incidental;
Mas,
     nem
         sempre
                o
                   faz”!...

terça-feira, 3 de julho de 2018

FRIO


Marisa Bueloni

A fria aragem que percorre a rua
Num mês de junho, de friagem certa,
Traz para a noite uma longínqua lua,
Enquanto estou de alma tão desperta.
A mesma alma que mantenho nua
De anseios vagos, faz a descoberta:
Não ser distante feito a triste lua,
Estar presente, atenta e alerta.
Soubesse o astro que no céu insiste
A noite insone a que assisto triste
Quanta tristeza no meu peito cabe,
Talvez levasse longe esta ânsia
E reduzisse a dor desta distância,
Talvez esta saudade, enfim, acabe.
..

domingo, 1 de julho de 2018

INVERNO


Ésio Antonio Pezzato

A passos largos se aproxima o Inverno
Trazendo neve aos fios de cabelos.
Sonhos mudam-se em feros pesadelos,
E o crepúsculo surge em tom averno.

Ao fulgor que sonhava ser eterno
Impossível clamar em mil apelos.
A cerzi-lo me faltam os novelos
Lã para agasalhá-lo em sonho terno.

O passado é uma estrada ampla e comprida,
Das flores a Estação não tem atalho
E a esperança não brilha mais florida.

Do tempo que me resta me agasalho,
E a contemplar no espelho a minha vida,
Reflito-te num pálido espantalho.

Galeria Acadêmica

1-Alexandre Sarkis Neder - Cadeira n° 13 - Patrono: Dario Brasil
2-André Bueno Oliveira - Cadeira n° 14 - Patrono: Branca Motta de Toledo Sachs
3-Antonio Carlos Fusatto - Cadeira n° 6 - Patrono: Nélio Ferraz de Arruda
4-Antonio Carlos Neder - Cadeira n° 15 - Patrono: Archimedes Dutra
5-Aracy Duarte Ferrari - Cadeira n° 16 - Patrono: José Mathias Bragion
6-Armando Alexandre dos Santos- Cadeira n° 10 - Patrono: Brasílio Machado
7-Barjas Negri - Cadeira no 5 - Patrono: Leandro Guerrini
8-Carla Ceres Oliveira Capeleti - Cadeira n° 17 - Patrono: Virgínia Prata Gregolin
9-Carmen Maria da Silva Fernandez Pilotto - Cadeira n° 19 - Patrono: Ubirajara Malagueta Lara
10-Cássio Camilo Almeida de Negri - Cadeira n° 20 - Patrono: Benedito Evangelista da Costa
11-Cezário de Campos Ferrari - Cadeira n° 12 - Patrono: Ricardo Ferraz do Amaral
12-Edson Rontani Júnior - Cadeira n° 18 - Patrono: Madalena Salatti de Almeida
13-Elda Nympha Cobra Silveira - Cadeira n° 21 - Patrono: José Ferraz de Almeida Junior
14-Ésio Antonio Pezzato - cadeira no 31 - Patrono Victorio Angelo Cobra
15-Evaldo Vicente - Cadeira n° 23 - Patrono: Leo Vaz
16-Felisbino de Almeida Leme - Cadeira n° 8 - Patrono: Fortunato Losso Netto
17-Geraldo Victorino de França - Cadeira n° 27 - Patrono: Salvador de Toledo Pisa Junior
18-Gregorio Marchiori Netto - Cadeira n° 28 - Patrono: Delfim Ferreira da Rocha Neto
19-Gustavo Jacques Dias Alvim - Cadeira n° 29 - Patrono: Laudelina Cotrim de Castro
20-Ivana Maria França de Negri - Cadeira n° 33 - Patrono: Fernando Ferraz de Arruda
21-Jamil Nassif Abib (Mons.) - Cadeira n° 1 - Patrono: João Chiarini
22-João Baptista de Souza Negreiros Athayde - Cadeira n° 34 - Patrono: Adriano Nogueira
23-João Umberto Nassif - Cadeira n° 35 - Patrono: Prudente José de Moraes Barros
24-Leda Coletti - Cadeira n° 36 - Patrono: Olívia Bianco
25-Maria de Lourdes Piedade Sodero Martins - cadeira no 26 Patrono Nelson Camponês do Brasil
26-Maria Helena Vieira Aguiar Corazza - Cadeira n° 3 - Patrono: Luiz de Queiroz
27-Marisa Amábile Fillet Bueloni - cadeira no32 - Patrono Thales castanho de Andrade
28-Marly Therezinha Germano Perecin - Cadeira n° 2 - Patrona: Jaçanã Althair Pereira Guerrini
29-Mônica Aguiar Corazza Stefani - Cadeira n° 9 - Patrono: José Maria de Carvalho Ferreira
30-Myria Machado Botelho - Cadeira n° 24 - Patrono: Maria Cecília Machado Bonachela
31-Newman Ribeiro Simões - cadeira no 38 - Patrono Elias de Mello Ayres
32-Olívio Alleoni – Cadeira n° 25 – Patrono: Francisco Lagreca
33-Paulo Celso Bassetti - Cadeira n° 39 - Patrono: José Luiz Guidotti
34-Raquel Delvaje - Cadeira no 40 - Patrono Barão de Rezende
35-Rosaly Aparecida Curiacos de Almeida Leme - Cadeira n° 7 - Patrono: Helly de Campos Melges
36-Sílvia Regina de OLiveira - Cadeira no 22 - Patrono Erotides de Campos
37-Valdiza Maria Caprânico - Cadeira no 4 - Patrono Haldumont Nobre Ferraz
38-Vitor Pires Vencovsky - Cadeira no 30 - Patrono Jorge Anéfalos
39-Waldemar Romano - Cadeira n° 11 - Patrono: Benedito de Andrade
40-Walter Naime - Cadeira no 37 - Patrono Sebastião Ferraz
Lino Vitti - Acadêmico Honorário (in memoriam)