Rio Piracicaba

Rio Piracicaba
Rio Piracicaba cheio (foto Ivana Negri)

Patrimônio da cidade, a Sapucaia florida (foto Ivana Negri)

Balão atravessando a ponte estaiada (foto Ivana Negri)

Diretoria

Diretoria da Academia Piracicabana de Letras 2018/2021

Presidente– Vitor Pires Vencovsky
Vice-Presidente– Cassio Camilo Almeida de Negri
Primeira Secretária – Ivana Maria França de Negri
Segunda Secretária – Carmen Maria da Silva Fernandes Pilotto
Primeiro Tesoureiro – Edson Rontani Junior
Segundo Tesoureiro – Waldemar Romano
Bibliotecária – Aracy Duarte Ferrari

Conselho Fiscal
Gustavo Jacques Dias Alvim
Alexandre Neder
Walter Naime

Editor e Jornalista Responsável
João Umberto Nassif

Conselho editorial

Evaldo Vicente
Antonio Carlos Fusatto
Ivana Maria França de Negri
Carmen Maria da Silva Fernandez Pilotto



Seguidores

sexta-feira, 21 de novembro de 2014

segunda-feira, 17 de novembro de 2014

FORÇA

 Marisa F. Bueloni
Cadeira no 32 - Patrono: Thales Castanho de Andrade

Ser forte,
para suportar um pouco de tudo.
E também o que é indício de dor.
Suportar a lavagem cerebral
dentro da etiqueta.
Mais: suportar que falem mal
e compreendamos.
Saber que pertencemos à finitude
e que jardins florescerão em nossos ossos
até o próximo século.
Ser forte para gerar filhos
e amá-los.
A seu tempo, ser forte
sem desperdiçar a palavra e a voz.
Reprimir um gesto desnecessário
quando necessário.
Estampar na face um desaviso,
uma preocupação leve.
Nada de mais, vês.
Simples com um lápis,
já se disse, e a poesia

repete o inevitável.

quarta-feira, 12 de novembro de 2014

FORÇA

 Marisa F. Bueloni
Cadeira no 32 - Patrono: Thales Castanho de Andrade

Ser forte,
para suportar um pouco de tudo.
E também o que é indício de dor.
Suportar a lavagem cerebral
dentro da etiqueta.
Mais: suportar que falem mal
e compreendamos.
Saber que pertencemos à finitude
e que jardins florescerão em nossos ossos
até o próximo século.
Ser forte para gerar filhos
e amá-los.
A seu tempo, ser forte
sem desperdiçar a palavra e a voz.
Reprimir um gesto desnecessário
quando necessário.
Estampar na face um desaviso,
uma preocupação leve.
Nada de mais, vês.
Simples com um lápis,
já se disse, e a poesia
repete o inevitável.

quinta-feira, 6 de novembro de 2014

INTENSIDADE


Tony Corazza


Um arrepio percorre minha espinha como um raio,
As musas ao meu lado suspiram alegria.
Cento e noventa batimentos por segundo.
Caminho sobre as verdes gramas
do céu e sinto o mesmo calor insuportável do inferno.
Chego em um corredor, escuro e calmo; sei que tem armadilhas.
Tudo parece estar no seu devido lugar,
Porque minha alma quer fugir?
Alguns dizem que é amor ou paixão;
Mas é um vício incontrolável, sem definição.
Intensidade que não permite andar ao seu lado,
Uma flecha mal disparada,
O tendão cortado de Aquiles.
Um toque auto suficiente que nos coloca em transe; anomia.
E através de um espelho sujo,
Vejo amor, confusão...Eu vejo desespero.
Ela engana e conta a verdade,
Embaça o passado e destrói o futuro.
Como eu te odeio Intensidade.

domingo, 2 de novembro de 2014

O PRANTO

    


Verter pranto abundante, às vezes, que vergonha!
Mas as lágrimas sendo a linguagem da dor
Nada as detem; e é em vão, é inútil se lhes oponha
A força de um abafo enorme, sofredor.

Jorram. Serão talvez, uma ilusão tristonha
De um coração ferido aos pés de um findo amor.
Serão adeus, talvez; serão de alma que sonha
Os castelos de sol desfeitos com fragor. . .

Por que ter pejo quando a noite também chora,
Se o orvalho em pranto cai das pupilas da aurora,
Se as estrelas também são lágrimas de luz?!

Oh ! como é bom chorar esse pranto que é esmola,
Que desafoga o peito, e reanima, e consola,
E que apenas num gesto a alma inteira traduz!

Galeria Acadêmica

1-Alexandre Sarkis Neder - Cadeira n° 13 - Patrono: Dario Brasil
2-André Bueno Oliveira - Cadeira n° 14 - Patrono: Branca Motta de Toledo Sachs
3-Antonio Carlos Fusatto - Cadeira n° 6 - Patrono: Nélio Ferraz de Arruda
4-Antonio Carlos Neder - Cadeira n° 15 - Patrono: Archimedes Dutra
5-Aracy Duarte Ferrari - Cadeira n° 16 - Patrono: José Mathias Bragion
6-Armando Alexandre dos Santos- Cadeira n° 10 - Patrono: Brasílio Machado
7-Barjas Negri - Cadeira no 5 - Patrono: Leandro Guerrini
8-Carla Ceres Oliveira Capeleti - Cadeira n° 17 - Patrono: Virgínia Prata Gregolin
9-Carmen Maria da Silva Fernandez Pilotto - Cadeira n° 19 - Patrono: Ubirajara Malagueta Lara
10-Cássio Camilo Almeida de Negri - Cadeira n° 20 - Patrono: Benedito Evangelista da Costa
11-Cezário de Campos Ferrari - Cadeira n° 12 - Patrono: Ricardo Ferraz do Amaral
12-Edson Rontani Júnior - Cadeira n° 18 - Patrono: Madalena Salatti de Almeida
13-Elda Nympha Cobra Silveira - Cadeira n° 21 - Patrono: José Ferraz de Almeida Junior
14-Ésio Antonio Pezzato - cadeira no 31 - Patrono Victorio Angelo Cobra
15-Evaldo Vicente - Cadeira n° 23 - Patrono: Leo Vaz
16-Felisbino de Almeida Leme - Cadeira n° 8 - Patrono: Fortunato Losso Netto
17-Geraldo Victorino de França - Cadeira n° 27 - Patrono: Salvador de Toledo Pisa Junior
18-Gregorio Marchiori Netto - Cadeira n° 28 - Patrono: Delfim Ferreira da Rocha Neto
19-Gustavo Jacques Dias Alvim - Cadeira n° 29 - Patrono: Laudelina Cotrim de Castro
20-Ivana Maria França de Negri - Cadeira n° 33 - Patrono: Fernando Ferraz de Arruda
21-Jamil Nassif Abib (Mons.) - Cadeira n° 1 - Patrono: João Chiarini
22-João Baptista de Souza Negreiros Athayde - Cadeira n° 34 - Patrono: Adriano Nogueira
23-João Umberto Nassif - Cadeira n° 35 - Patrono: Prudente José de Moraes Barros
24-Leda Coletti - Cadeira n° 36 - Patrono: Olívia Bianco
25-Maria de Lourdes Piedade Sodero Martins - cadeira no 26 Patrono Nelson Camponês do Brasil
26-Maria Helena Vieira Aguiar Corazza - Cadeira n° 3 - Patrono: Luiz de Queiroz
27-Marisa Amábile Fillet Bueloni - cadeira no32 - Patrono Thales castanho de Andrade
28-Marly Therezinha Germano Perecin - Cadeira n° 2 - Patrona: Jaçanã Althair Pereira Guerrini
29-Mônica Aguiar Corazza Stefani - Cadeira n° 9 - Patrono: José Maria de Carvalho Ferreira
30-Myria Machado Botelho - Cadeira n° 24 - Patrono: Maria Cecília Machado Bonachela
31-Newman Ribeiro Simões - cadeira no 38 - Patrono Elias de Mello Ayres
32-Olívio Alleoni – Cadeira n° 25 – Patrono: Francisco Lagreca
33-Paulo Celso Bassetti - Cadeira n° 39 - Patrono: José Luiz Guidotti
34-Raquel Delvaje - Cadeira no 40 - Patrono Barão de Rezende
35-Rosaly Aparecida Curiacos de Almeida Leme - Cadeira n° 7 - Patrono: Helly de Campos Melges
36-Sílvia Regina de OLiveira - Cadeira no 22 - Patrono Erotides de Campos
37-Valdiza Maria Caprânico - Cadeira no 4 - Patrono Haldumont Nobre Ferraz
38-Vitor Pires Vencovsky - Cadeira no 30 - Patrono Jorge Anéfalos
39-Waldemar Romano - Cadeira n° 11 - Patrono: Benedito de Andrade
40-Walter Naime - Cadeira no 37 - Patrono Sebastião Ferraz
Lino Vitti - Acadêmico Honorário (in memoriam)