Rio Piracicaba

Rio Piracicaba
Rio Piracicaba cheio (foto Ivana Negri)

Patrimônio da cidade, a Sapucaia florida (foto Ivana Negri)

Balão atravessando a ponte estaiada (foto Ivana Negri)

Diretoria

Diretoria da Academia Piracicabana de Letras

Presidente– Gustavo Jacques Alvim
Vice-Presidente– Cassio Camilo Almeida de Negri
Primeiro Secretário – Carmen Maria da Silva Fernandes Pilotto
Segundo Secretário – Evaldo Vicente
Primeiro Tesoureiro – Antônio Carlos Fusatto
Segundo Tesoureiro – Waldemar Romano
Bibliotecária – Aracy Duarte Ferrari

Conselho Fiscal

Walter Naime
Cezário de Campos Ferrari

Editor e Jornalista Responsável
João Umberto Nassif

Conselho editorial

Antonio Carlos Neder
Ivana Maria França de Negri
Carmen Maria da Silva Fernandez Pilotto
Myria Machado Botelho


Seguidores

sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

Ano Novo - Asas Novas

Ivana Maria França de Negri - Cadeira n° 33
Patrono: Fernando Ferraz de Arruda
Não se trata de utilizar armações de arame, cola e penas. As asas as quais me refiro, são indestrutíveis e feitas de material etéreo e surreal, invisível aos olhos comuns.
Diz a lenda, que a cada boa ação que fazemos aqui na terra, um pedacinho de asa de anjo é acrescentado lá no céu, no par que nos aguarda.
Quanto mais boas ações fizermos, mais bonito fica o nosso par de asas. Elas podem se tornar cintilantes, nacaradas, transparentes, coloridas, perfumadas, prateadas, douradas, acobreadas, furta-cores, do jeito que imaginarmos, pois são feitas de sonho e pensamentos.
Um dia, quando formos promovidos de estágio (o que as pessoas geralmente chamam de morte), elas estarão nos aguardando. Se os bons atos forem poucos, as asas serão pequenas e nos permitirão voos mais breves, mas se tivermos construído asas enormes e potentes, poderemos voar muito mais longe.
Ajudar quem precisa, dizer boas palavras, amparar as crianças, acolher um animalzinho abandonado, dar alimento a quem tem fome, dar atenção ao idoso, ajudar, colaborar, trabalhar, sem esperar nada em troca. Dinheiro não é tudo e não edifica asas para ninguém. Ao contrario, pode atrasar sua confecção e adiá-la por tempo indeterminado. Ninguém chega ao céu sem um anjo que lhe indique o caminho. Eles nos reconduzem ao paraíso, nosso lugar de origem.
Chegará o dia em que todos seremos anjos. Cada pessoa terá seu par de asas. Alforriados da carne, todos seremos seres-borboleta, prontos a polinizar as flores da existência das pessoas ainda sem asas, ajudando-as a construírem as suas. Uma legião de entes alados pairando sobre a terra, dissipando nuvens negras e afastando auras negativas para longe.
Asas da doçura, da piedade, da compaixão, do amor, da fraternidade, da bondade, da solidariedade, enfim, asas são uma encantadora metáfora para designar o que é a alma. Livre dos grilhões do corpo, o espírito pode voar, planar, flutuar ao sabor dos pensamentos.
Ainda somos lagartas humanas, arrastando-nos com dificuldade. Um dia chegará a nossa vez de transmudarmos em entidades angelicais aladas. E alçaremos voos inimagináveis na amplidão infinita do universo com nossas diáfanas asas.
O ano de 2012 está começando. Página em branco, pura e alva. Está na hora de pensarmos em incrementar nossas asas, deixá-las maiores e mais possantes. Feliz asas novas, quer dizer, ano novo!

Nenhum comentário:

Galeria Acadêmica

Alexandre Sarkis Neder - Cadeira n° 13 - Patrono: Dario Brasil
André Bueno Oliveira - Cadeira n° 14 - Patrono: Branca Motta de Toledo Sachs
Antonio Carlos Fusatto - Cadeira n° 6 - Patrono: Nélio Ferraz de Arruda
Antonio Carlos Neder - Cadeira n° 15 - Patrono: Archimedes Dutra
Aracy Duarte Ferrari - Cadeira n° 16 - Patrono: José Mathias Bragion
Armando Alexandre dos Santos- Cadeira n° 10 - Patrono: Brasílio Machado
Barjas Negri - Cadeira no 5 - Patrono: Leandro Guerrini
Carla Ceres Oliveira Capeleti - Cadeira n° 17 - Patrono: Virgínia Prata Gregolin
Carmen Maria da Silva Fernandez Pilotto - Cadeira n° 19 - Patrono: Ubirajara Malagueta Lara
Cássio Camilo Almeida de Negri - Cadeira n° 20 - Patrono: Benedito Evangelista da Costa
Cezário de Campos Ferrari - Cadeira n° 12 - Patrono: Ricardo Ferraz do Amaral
Edson Rontani Júnior - Cadeira n° 18 - Patrono: Madalena Salatti de Almeida
Elda Nympha Cobra Silveira - Cadeira n° 21 - Patrono: José Ferraz de Almeida Junior
Ésio Antonio Pezzato - cadeira no 31 - Patrono Victorio Angelo Cobra
Evaldo Vicente - Cadeira n° 23 - Patrono: Leo Vaz
Felisbino de Almeida Leme - Cadeira n° 8 - Patrono: Fortunato Losso Netto
Geraldo Victorino de França - Cadeira n° 27 - Patrono: Salvador de Toledo Pisa Junior
Gregorio Marchiori Netto - Cadeira n° 28 - Patrono: Delfim Ferreira da Rocha Neto
Gustavo Jacques Dias Alvim - Cadeira n° 29 - Patrono: Laudelina Cotrim de Castro
Ivana Maria França de Negri - Cadeira n° 33 - Patrono: Fernando Ferraz de Arruda
Jamil Nassif Abib (Mons.) - Cadeira n° 1 - Patrono: João Chiarini
João Baptista de Souza Negreiros Athayde - Cadeira n° 34 - Patrono: Adriano Nogueira
João Umberto Nassif - Cadeira n° 35 - Patrono: Prudente José de Moraes Barros
Leda Coletti - Cadeira n° 36 - Patrono: Olívia Bianco
Maria Helena Vieira Aguiar Corazza - Cadeira n° 3 - Patrono: Luiz de Queiroz
Marisa Amábile Fillet Bueloni - cadeira no32 - Patrono Thales castanho de Andrade
Marly Therezinha Germano Perecin - Cadeira n° 2 - Patrona: Jaçanã Althair Pereira Guerrini
Maria de Lourdes Piedade Sodero Martins - Cadeira n° 26 - Patrono: Nelson Camponês do Brasil
Mônica Aguiar Corazza Stefani - Cadeira n° 9 - Patrono: José Maria de Carvalho Ferreira
Myria Machado Botelho - Cadeira n° 24 - Patrono: Maria Cecília Machado Bonachela
Newman Ribeiro Simões - cadeira no 38 - Patrono Elias de Mello Ayres
Olívio Alleoni – Cadeira n° 25 – Patrono: Francisco Lagreca
Paulo Celso Bassetti - Cadeira n° 39 - Patrono: José Luiz Guidotti
Raquel Delvaje - Cadeira no 40 - Patrono Barão de Rezende
Rosaly Aparecida Curiacos de Almeida Leme - Cadeira n° 7 - Patrono: Helly de Campos Melges
Sílvia Regina de OLiveira - Cadeira no 22 - Patrono Erotides de Campos
Valdiza Maria Caprânico - Cadeira no 4 - Patrono Haldumont Nobre Ferraz
Vitor Pires Vencovsky - Cadeira no 30 - Patrono Jorge Anéfalos
Waldemar Romano - Cadeira n° 11 - Patrono: Benedito de Andrade
Walter Naime - Cadeira no 37 - Patrono Sebastião Ferraz