Rio Piracicaba

Rio Piracicaba
Rio Piracicaba cheio (foto Ivana Negri)

Patrimônio da cidade, a Sapucaia florida (foto Ivana Negri)

Balão atravessando a ponte estaiada (foto Ivana Negri)

Diretoria

Diretoria da Academia Piracicabana de Letras

Presidente– Gustavo Jacques Alvim
Vice-Presidente– Cassio Camilo Almeida de Negri
Primeiro Secretário – Carmen Maria da Silva Fernandes Pilotto
Segundo Secretário – Evaldo Vicente
Primeiro Tesoureiro – Antônio Carlos Fusatto
Segundo Tesoureiro – Waldemar Romano
Bibliotecária – Aracy Duarte Ferrari

Conselho Fiscal

Walter Naime
Cezário de Campos Ferrari

Editor e Jornalista Responsável
João Umberto Nassif

Conselho editorial

Antonio Carlos Neder
Ivana Maria França de Negri
Carmen Maria da Silva Fernandez Pilotto
Myria Machado Botelho


Seguidores

domingo, 20 de janeiro de 2013

COM A MORTE DE MINHA MÃE...

Maria Helena Vieira Aguiar Corazza
Cadeira n° 3 - Patrono: Luiz de Queiroz      
          Com a morte de minha mãe, uma porção de lembranças veio à minha mente. E, não eram apenas as da infância, nem os do tumulto da adolescência, da escola ou da vida de mais tarde quando já casada, ela e o papai vinham em fins de semana, ou quando ficavam com os netinhos para que a gente pudesse viajar... Eram momentos os mais diversos, das minhas crises de bronquite e ela no pé da minha cama, ou muito enérgica em seus conceitos de moral e exigência nas lições de casa, enfim, de emoções longínquas ou até esquecidas já, que se mantém vivas agora, se não machucando trazendo doces recordações no relacionamento comum que filhos e pais costumam realizar até com atritos e discussões. Todo mundo aprendendo... Musicas que me lembram agora não só épocas divertidas, mas outras que mexem com o coração sempre que surgem dando-nos a certeza que, se este tempo passou, agora é preciso continuar, sem esmorecer, quem sabe com novas musicas letras de canções e novos sentimentos...
            Engraçado é que, com a morte de minha mãe me vejo mais forte e mais corajosa, mais consciente e mais responsável nos passos a dar nesta vida com tantos compromissos com a família que precisa de mim, e que cresce no dia a dia sem me dar tempo marcado para ficar, ou hora para ir embora daqui, mais firme e mais madura, como se esta fosse a forma definitiva de ver as coisas, sem ela mais por perto, lembrando, porém,  que, minha mãe teve uma vida longa de ausência de enfermidades, acidentes e doenças, com todos os filhos, netos e bisnetos vivos e saudáveis (e olhem que somos bastantes!). Isto foi uma super benção, sim, que é preciso louvar e saudar a Deus todos os instantes que estamos passando e os que teremos ainda que passar. Uma, por assim dizer, homenagem a essa mulher, esse ser humano muito digno pela longevidade de tantos dias (foram 99 anos!), horas e segundos vividos por ela, bastantes calmos até, e, por que não dizer, independentes? Trabalho, minha mãe nunca deu! Era auto-suficiente, e, se precisou de respeito, atenção e amor normal e natural que as mães merecem ter, ela teve enquanto esteve ao meu lado.
            Consciência de “dever cumprido” é uma graça que precisa ser colocada à frente de qualquer sentimento honesto, livre e limpo, tanto para as mães, como para os filhos. No entanto chega um momento em que elas precisam descansar, infelizmente. Precisam partir ao encontro de Deus, de Seus novos caminhos e da “Vida Eterna” que não nos é possível conhecer aqui. Por isso, ela foi embora. Era sua hora única, decisiva e definitiva. Sua falta, lágrimas e orações não são possíveis ignorar ou cancelar. Elas existem e vão ficar através dos dias enquanto estivermos nesta vida. Fé, porém, no encontro de um dia que acontecerá, também. Até lá, mamãe querida. Descanse em paz! 

Nenhum comentário:

Galeria Acadêmica

Alexandre Sarkis Neder - Cadeira n° 13 - Patrono: Dario Brasil
André Bueno Oliveira - Cadeira n° 14 - Patrono: Branca Motta de Toledo Sachs
Antonio Carlos Fusatto - Cadeira n° 6 - Patrono: Nélio Ferraz de Arruda
Antonio Carlos Neder - Cadeira n° 15 - Patrono: Archimedes Dutra
Aracy Duarte Ferrari - Cadeira n° 16 - Patrono: José Mathias Bragion
Armando Alexandre dos Santos- Cadeira n° 10 - Patrono: Brasílio Machado
Barjas Negri - Cadeira no 5 - Patrono: Leandro Guerrini
Carla Ceres Oliveira Capeleti - Cadeira n° 17 - Patrono: Virgínia Prata Gregolin
Carmen Maria da Silva Fernandez Pilotto - Cadeira n° 19 - Patrono: Ubirajara Malagueta Lara
Cássio Camilo Almeida de Negri - Cadeira n° 20 - Patrono: Benedito Evangelista da Costa
Cezário de Campos Ferrari - Cadeira n° 12 - Patrono: Ricardo Ferraz do Amaral
Edson Rontani Júnior - Cadeira n° 18 - Patrono: Madalena Salatti de Almeida
Elda Nympha Cobra Silveira - Cadeira n° 21 - Patrono: José Ferraz de Almeida Junior
Ésio Antonio Pezzato - cadeira no 31 - Patrono Victorio Angelo Cobra
Evaldo Vicente - Cadeira n° 23 - Patrono: Leo Vaz
Felisbino de Almeida Leme - Cadeira n° 8 - Patrono: Fortunato Losso Netto
Geraldo Victorino de França - Cadeira n° 27 - Patrono: Salvador de Toledo Pisa Junior
Gregorio Marchiori Netto - Cadeira n° 28 - Patrono: Delfim Ferreira da Rocha Neto
Gustavo Jacques Dias Alvim - Cadeira n° 29 - Patrono: Laudelina Cotrim de Castro
Ivana Maria França de Negri - Cadeira n° 33 - Patrono: Fernando Ferraz de Arruda
Jamil Nassif Abib (Mons.) - Cadeira n° 1 - Patrono: João Chiarini
João Baptista de Souza Negreiros Athayde - Cadeira n° 34 - Patrono: Adriano Nogueira
João Umberto Nassif - Cadeira n° 35 - Patrono: Prudente José de Moraes Barros
Leda Coletti - Cadeira n° 36 - Patrono: Olívia Bianco
Maria Helena Vieira Aguiar Corazza - Cadeira n° 3 - Patrono: Luiz de Queiroz
Marisa Amábile Fillet Bueloni - cadeira no32 - Patrono Thales castanho de Andrade
Marly Therezinha Germano Perecin - Cadeira n° 2 - Patrona: Jaçanã Althair Pereira Guerrini
Maria de Lourdes Piedade Sodero Martins - Cadeira n° 26 - Patrono: Nelson Camponês do Brasil
Mônica Aguiar Corazza Stefani - Cadeira n° 9 - Patrono: José Maria de Carvalho Ferreira
Myria Machado Botelho - Cadeira n° 24 - Patrono: Maria Cecília Machado Bonachela
Newman Ribeiro Simões - cadeira no 38 - Patrono Elias de Mello Ayres
Olívio Alleoni – Cadeira n° 25 – Patrono: Francisco Lagreca
Paulo Celso Bassetti - Cadeira n° 39 - Patrono: José Luiz Guidotti
Raquel Delvaje - Cadeira no 40 - Patrono Barão de Rezende
Rosaly Aparecida Curiacos de Almeida Leme - Cadeira n° 7 - Patrono: Helly de Campos Melges
Sílvia Regina de OLiveira - Cadeira no 22 - Patrono Erotides de Campos
Valdiza Maria Caprânico - Cadeira no 4 - Patrono Haldumont Nobre Ferraz
Vitor Pires Vencovsky - Cadeira no 30 - Patrono Jorge Anéfalos
Waldemar Romano - Cadeira n° 11 - Patrono: Benedito de Andrade
Walter Naime - Cadeira no 37 - Patrono Sebastião Ferraz