Rio Piracicaba

Rio Piracicaba
Rio Piracicaba cheio (foto Ivana Negri)

Patrimônio da cidade, a Sapucaia florida (foto Ivana Negri)

Balão atravessando a ponte estaiada (foto Ivana Negri)

Diretoria

Diretoria da Academia Piracicabana de Letras

Presidente– Gustavo Jacques Alvim
Vice-Presidente– Cassio Camilo Almeida de Negri
Primeiro Secretário – Carmen Maria da Silva Fernandes Pilotto
Segundo Secretário – Evaldo Vicente
Primeiro Tesoureiro – Antônio Carlos Fusatto
Segundo Tesoureiro – Waldemar Romano
Bibliotecária – Aracy Duarte Ferrari

Conselho Fiscal

Walter Naime
Cezário de Campos Ferrari

Editor e Jornalista Responsável
João Umberto Nassif

Conselho editorial

Antonio Carlos Neder
Ivana Maria França de Negri
Carmen Maria da Silva Fernandez Pilotto
Myria Machado Botelho


Seguidores

sexta-feira, 16 de agosto de 2013

Caçadores de autógrafos

Armando Alexandre dos Santos
Cadeira n° 10 - Patrono: Brasílio Machado
                                      

Um dos pesos que irremediavelmente carregam as pessoas que conseguem vencer a barreira do anonimato e chegar aos galarins da fama é ter que suportar os caçadores de autógrafos.
São uma praga...  Chegam a constituir um verdadeiro martírio para o grande homem - ou a grande mulher - que deseja preservar um pouco sua privacidade e não gosta de ser reconhecido em público.
Marie Curie (1867–1934), a famosa cientista polonesa que, juntamente com seu marido Pierre Curie, descobriu a radioatividade, detestava os caçadores de autógrafos. Chegava a ser "inimiga íntima" de tal espécie de gente.
Pois um desses colecionadores queria a todo custo ter uma assinatura dela. E imaginou um meio que julgou infalível.
Escreveu a ela uma carta, dizendo que acompanhava com interesse suas atividades científicas, que era grande admirador dela, e que tomava a liberdade de encaminhar uma modesta contribuição para ajudar suas pesquisas, etc. etc.
A carta ia acompanhada de um cheque nominal de um valor que, sem ser muito alto, não era desprezível... Evidentemente, Madame Curie endossaria o cheque e o descontaria. E o emitente do cheque o recuperaria depois no banco, guardando o cobiçado autógrafo.
Entretanto, Madame Curie não caiu na armadilha. Na semana seguinte, o caçador de autógrafos recebeu uma carta muito amável, assinada pela secretária da cientista. Explicava inicialmente que Madame Curie havia recebido a carta, que ficara muito sensibilizada pela generosa oferta, que mandava agradecer penhoradamente, etc. etc.
Depois, em post-scriptum, informava que Madame Curie não iria descontar o cheque, porque era colecionadora de autógrafos e não queria perder a oportunidade de conservar aquele autógrafo de um seu admirador tão simpático e generoso.
O tiro saiu pela culatra, pois...

Já idoso, São João Bosco fez uma viagem à França, e foi recebido com indescritível entusiasmo pelos parisienses. Sua fama era muito grande em toda a Europa, de modo que centenas de pessoas acorreram à casa em que ele estava hospedado, e não queriam deixá–lo em paz enquanto não obtivessem uma lembrança ou uma relíquia dele.
Não era possível atender a todos, obviamente.
Depois de uma longa espera na fila, afinal chegou a vez de uma idosa marquesa, muito conhecida por sua imensa fortuna e por sua ainda maior caridade.
Sentando-se diante de São João Bosco, ela afirmou peremptória:
- Dom Bosco, daqui não saio enquanto o Sr. não me entregar um autógrafo seu, como lembrança.
- Não seja por isso, Senhora Marquesa!
E, tomando uma folha de papel, o santo escreveu:
"Recebi da Sra. Marquesa Dona Fulana de Tal a quantia de mil francos como donativo para as obras de caridade da Arquidiocese de Paris". E assinou.

Quando a marquesa recebeu o autógrafo, sorriu, abriu a bolsa e entregou os mil francos...

Nenhum comentário:

Galeria Acadêmica

Alexandre Sarkis Neder - Cadeira n° 13 - Patrono: Dario Brasil
André Bueno Oliveira - Cadeira n° 14 - Patrono: Branca Motta de Toledo Sachs
Antonio Carlos Fusatto - Cadeira n° 6 - Patrono: Nélio Ferraz de Arruda
Antonio Carlos Neder - Cadeira n° 15 - Patrono: Archimedes Dutra
Aracy Duarte Ferrari - Cadeira n° 16 - Patrono: José Mathias Bragion
Armando Alexandre dos Santos- Cadeira n° 10 - Patrono: Brasílio Machado
Barjas Negri - Cadeira no 5 - Patrono: Leandro Guerrini
Carla Ceres Oliveira Capeleti - Cadeira n° 17 - Patrono: Virgínia Prata Gregolin
Carmen Maria da Silva Fernandez Pilotto - Cadeira n° 19 - Patrono: Ubirajara Malagueta Lara
Cássio Camilo Almeida de Negri - Cadeira n° 20 - Patrono: Benedito Evangelista da Costa
Cezário de Campos Ferrari - Cadeira n° 12 - Patrono: Ricardo Ferraz do Amaral
Edson Rontani Júnior - Cadeira n° 18 - Patrono: Madalena Salatti de Almeida
Elda Nympha Cobra Silveira - Cadeira n° 21 - Patrono: José Ferraz de Almeida Junior
Ésio Antonio Pezzato - cadeira no 31 - Patrono Victorio Angelo Cobra
Evaldo Vicente - Cadeira n° 23 - Patrono: Leo Vaz
Felisbino de Almeida Leme - Cadeira n° 8 - Patrono: Fortunato Losso Netto
Geraldo Victorino de França - Cadeira n° 27 - Patrono: Salvador de Toledo Pisa Junior
Gregorio Marchiori Netto - Cadeira n° 28 - Patrono: Delfim Ferreira da Rocha Neto
Gustavo Jacques Dias Alvim - Cadeira n° 29 - Patrono: Laudelina Cotrim de Castro
Ivana Maria França de Negri - Cadeira n° 33 - Patrono: Fernando Ferraz de Arruda
Jamil Nassif Abib (Mons.) - Cadeira n° 1 - Patrono: João Chiarini
João Baptista de Souza Negreiros Athayde - Cadeira n° 34 - Patrono: Adriano Nogueira
João Umberto Nassif - Cadeira n° 35 - Patrono: Prudente José de Moraes Barros
Leda Coletti - Cadeira n° 36 - Patrono: Olívia Bianco
Maria Helena Vieira Aguiar Corazza - Cadeira n° 3 - Patrono: Luiz de Queiroz
Marisa Amábile Fillet Bueloni - cadeira no32 - Patrono Thales castanho de Andrade
Marly Therezinha Germano Perecin - Cadeira n° 2 - Patrona: Jaçanã Althair Pereira Guerrini
Maria de Lourdes Piedade Sodero Martins - Cadeira n° 26 - Patrono: Nelson Camponês do Brasil
Mônica Aguiar Corazza Stefani - Cadeira n° 9 - Patrono: José Maria de Carvalho Ferreira
Myria Machado Botelho - Cadeira n° 24 - Patrono: Maria Cecília Machado Bonachela
Newman Ribeiro Simões - cadeira no 38 - Patrono Elias de Mello Ayres
Olívio Alleoni – Cadeira n° 25 – Patrono: Francisco Lagreca
Paulo Celso Bassetti - Cadeira n° 39 - Patrono: José Luiz Guidotti
Raquel Delvaje - Cadeira no 40 - Patrono Barão de Rezende
Rosaly Aparecida Curiacos de Almeida Leme - Cadeira n° 7 - Patrono: Helly de Campos Melges
Sílvia Regina de OLiveira - Cadeira no 22 - Patrono Erotides de Campos
Valdiza Maria Caprânico - Cadeira no 4 - Patrono Haldumont Nobre Ferraz
Vitor Pires Vencovsky - Cadeira no 30 - Patrono Jorge Anéfalos
Waldemar Romano - Cadeira n° 11 - Patrono: Benedito de Andrade
Walter Naime - Cadeira no 37 - Patrono Sebastião Ferraz