Rio Piracicaba

Rio Piracicaba
Rio Piracicaba cheio (crédito da foto Ivana Negri)

Diretoria

Diretoria da Academia Piracicabana de Letras

Presidente– Gustavo Jacques Alvim
Vice-Presidente– Cassio Camilo Almeida de Negri
Primeiro Secretário – Carmen Maria da Silva Fernandes Pilotto
Segundo Secretário – Evaldo Vicente
Primeiro Tesoureiro – Antônio Carlos Fusatto
Segundo Tesoureiro – Waldemar Romano
Bibliotecária – Aracy Duarte Ferrari

Conselho Fiscal

Walter Naime
Cezário de Campos Ferrari

Editor e Jornalista Responsável
João Umberto Nassif

Conselho editorial

Antonio Carlos Neder
Ivana Maria França de Negri
Carmen Maria da Silva Fernandez Pilotto
Myria Machado Botelho


Seguidores

terça-feira, 10 de fevereiro de 2015

O PORTAL

Cássio Camilo Almeida de Negri
Cadeira n° 20 - Patrono: Benedicto Evangelista da Costa

            Deitado no leito branco do hospital estava o mendigo recém atropelado. Fora encontrado um dia antes, na madrugada, estendido na estrada deserta em meio a uma poça de sangue já coagulado parcialmente.
            Barba por fazer há anos, com piolhos, cheirando sebo e suor acrescentado dos fétidos dejetos expelidos pós acidente pelo esfíncter relaxado devido a lesão neurológica decorrente do trauma craniano.
            Não podia movimentar-se, mas conseguia ver e raciocinar, quando os faróis dos carros se aproximavam do seu corpo inerte, desviando-se a um instante de novos atropelamentos.
             Assim ficou por toda a madrugada, pois quem iria socorrê-lo àquelas horas na estrada deserta?
 Os minutos se transformaram em horas, a madrugada foi longa e ali, sentia-se realmente o ser sem nada poder.
  Com o corpo em decúbito ventral, vistas para o leste, percebeu o sol nascer através dos olhos vidrados, que nem podia piscar. Percebeu a ambulância chegando, e agora ali, já barbeado e limpo no leito branco do hospital estava aprisionado no corpo pela lesão cerebral.
    O rosto virado para o teto com os olhos semi-ocluídos pelos dedos ternos da enfermeira.
            Pelos vãos das pálpebras via o teto. Lá em cima, num pequeno orifício junto ao lustre, um entra e sai de formiguinhas pretas. Suas lembranças reportam à infância quando a mente borboleteante em mil pensamentos se assenta no cimento vermelho da cozinha materna onde também havia um formigueiro. Brincava desenhando com o dedo um pequeno filete circular da água que escorria da pia, ao redor das formigas, que não podiam passar, ficando alvoroçadas, sem saber o que fazer.
           Lembra-se bem que um dia, uma delas resolveu ultrapassar a marca de água no vermelhão.                     Atravessou com facilidade e ganhou corajosamente a liberdade do outro lado do círculo.
Nesse dia pensou que todas tiveram medo e ficaram apavoradas, somente aquela, teve a visão de que no outro lado estava a liberdade.
Não sorriu, porque a lesão cerebral não permitiu. Pensou em sorrir, fechou o pouco do vão dos olhos que ainda restava, perdeu o medo, e atravessou o portal da vida, ganhando também  a liberdade.

Nenhum comentário:

Galeria Acadêmica

Alexandre Sarkis Neder - Cadeira n° 13 - Patrono: Dario Brasil
André Bueno Oliveira - Cadeira n° 14 - Patrono: Branca Motta de Toledo Sachs
Antonio Carlos Fusatto - Cadeira n° 6 - Patrono: Nélio Ferraz de Arruda
Antonio Carlos Neder - Cadeira n° 15 - Patrono: Archimedes Dutra
Aracy Duarte Ferrari - Cadeira n° 16 - Patrono: José Mathias Bragion
Armando Alexandre dos Santos- Cadeira n° 10 - Patrono: Brasílio Machado
Carla Ceres Oliveira Capeleti - Cadeira n° 17 - Patrono: Virgínia Prata Gregolin
Carmen Maria da Silva Fernandez Pilotto - Cadeira n° 19 - Patrono: Ubirajara Malagueta Lara
Cássio Camilo Almeida de Negri - Cadeira n° 20 - Patrono: Benedito Evangelista da Costa
Cezário de Campos Ferrari - Cadeira n° 12 - Patrono: Ricardo Ferraz do Amaral
Edson Rontani Júnior - Cadeira n° 18 - Patrono: Madalena Salatti de Almeida
Elda Nympha Cobra Silveira - Cadeira n° 21 - Patrono: José Ferraz de Almeida Junior
Ésio Antonio Pezzato - cadeira no 31 - Patrono Victorio Angelo Cobra
Evaldo Vicente - Cadeira n° 23 - Patrono: Leo Vaz
Felisbino de Almeida Leme - Cadeira n° 8 - Patrono: Fortunato Losso Netto
Geraldo Victorino de França - Cadeira n° 27 - Patrono: Salvador de Toledo Pisa Junior
Gregorio Marchiori Netto - Cadeira n° 28 - Patrono: Delfim Ferreira da Rocha Neto
Gustavo Jacques Dias Alvim - Cadeira n° 29 - Patrono: Laudelina Cotrim de Castro
Ivana Maria França de Negri - Cadeira n° 33 - Patrono: Fernando Ferraz de Arruda
Jamil Nassif Abib (Mons.) - Cadeira n° 1 - Patrono: João Chiarini
João Baptista de Souza Negreiros Athayde - Cadeira n° 34 - Patrono: Adriano Nogueira
João Umberto Nassif - Cadeira n° 35 - Patrono: Prudente José de Moraes Barros
Leda Coletti - Cadeira n° 36 - Patrono: Olívia Bianco
Maria Helena Vieira Aguiar Corazza - Cadeira n° 3 - Patrono: Luiz de Queiroz
Marisa Amábile Fillet Bueloni - cadeira no32 - Patrono Thales castanho de Andrade
Marly Therezinha Germano Perecin - Cadeira n° 2 - Patrona: Jaçanã Althair Pereira Guerrini
Maria de Lourdes Piedade Sodero Martins - Cadeira n° 26 - Patrono: Nelson Camponês do Brasil
Mônica Aguiar Corazza Stefani - Cadeira n° 9 - Patrono: José Maria de Carvalho Ferreira
Myria Machado Botelho - Cadeira n° 24 - Patrono: Maria Cecília Machado Bonachela
Newman Ribeiro Simões - cadeira no 38 - Patrono Elias de Mello Ayres
Olívio Alleoni – Cadeira n° 25 – Patrono: Francisco Lagreca
Paulo Celso Bassetti - Cadeira n° 39 - Patrono: José Luiz Guidotti
Rosaly Aparecida Curiacos de Almeida Leme - Cadeira n° 7 - Patrono: Helly de Campos Melges
Sílvia Regina de OLiveira - Cadeira no 22 - Patrono Erotides de Campos
Valdiza Maria Caprânico - Cadeira no 4 - Patrono Haldumont Nobre Ferraz
Vitor Pires Vencovsky - Cadeira no 30 - Patrono Jorge Anéfalos
Waldemar Romano - Cadeira n° 11 - Patrono: Benedito de Andrade
Walter Naime - Cadeira no 37 - Patrono Sebastião Ferraz