Rio Piracicaba

Rio Piracicaba
Rio Piracicaba cheio (foto Ivana Negri)

Patrimônio da cidade, a Sapucaia florida (foto Ivana Negri)

Balão atravessando a ponte estaiada (foto Ivana Negri)

Diretoria

Diretoria da Academia Piracicabana de Letras 2018/2021

Presidente– Vitor Pires Vencovsky
Vice-Presidente– Cassio Camilo Almeida de Negri
Primeira Secretária – Ivana Maria França de Negri
Segunda Secretária – Carmen Maria da Silva Fernandes Pilotto
Primeiro Tesoureiro – Edson Rontani Junior
Segundo Tesoureiro – Waldemar Romano
Bibliotecária – Aracy Duarte Ferrari

Conselho Fiscal
Andre Bueno Oliveira
Alexandre Neder
Walter Naime

Editor e Jornalista Responsável
João Umberto Nassif

Conselho editorial

Evaldo Vicente
Edson Rontani Junior
Ivana Maria França de Negri
Carmen Maria da Silva Fernandez Pilotto



Seguidores

segunda-feira, 15 de abril de 2019

Novos acadêmicos




Biografia de Luciano Martins Verdade  - Cadeira no 12  - Patrono: Ricardo Ferraz de Arruda Pinto

Luciano Martins Verdade nasceu em São Paulo em 24 de abril de 1963. Aos 17 anos mudou-se para Piracicaba para cursar agronomia na ESALQ, onde atuou como técnico entre 1987 e 1997 e como docente entre 1998 e 2011. Luciano é Ph.D. em Ecologia e Conservação de Vida Silvestre pela Universidade da Florida (EUA) e desde 2011 é Professor Associado do Centro de Energia Nuclear na Agricultura, da Universidade de São Paulo, em Piracicaba. Pesquisador reconhecido internacionalmente e autor de mais de 150 artigos científicos e de sete livros técnicos sobre a relação entre a biodiversidade e os seres humanos, tem também grande interesse em literatura, música e fotografia. Entre 1989 e 2018 publicou cinco livros de poemas. O primeiro, “A Cidade e o Rio”, publicado pela Editora Massao Ohno, de São Paulo, foi inspirado na relação entre a cidade de Piracicaba e seu rio. “Pedaços de Tempo”, publicado pela Editora RiMa, de São Carlos em 2013, traz o tempo e sua percepção pelo ser humano como temática central, que nunca o abandonou. “Você não Verá” foi lançado em 2014 pela Editora Multifoco, do Rio de Janeiro, trazendo a relação humana e sua complexidade como temas centrais. “Poemas da Vida Acadêmica”, um balanço de sua carreira acadêmica, foi publicado em 2016 pelo Ateliê 63, de Piracicaba. Seu último livro, “Lobos na Porteira”, publicado em 2018 pela RV Content, de São Paulo, traz reflexões poéticas sobre o tema de sua pesquisa científica: a relação entre o selvagem e o doméstico. Seus próximos projetos literários incluem um livro de crônicas e contos de viagens (com o título provisório de “Navegar é impreciso”) e um romance (com título provisório de “A excursão imaginária”) sobre a relação entre o real e o imaginário.



Biografia de Lídia Varela Sendin  - Cadeira no 8 - Patrono :Fortunato Losso Netto

Licenciada em Filosofia, começou na poesia participando da Noite da Seresta e da Poesia no SENAC de Piracicaba. Convidada pela poetisa piracicabana Maria Cecilia Bonachella participou da Oficina da Poesia da Biblioteca Municipal de Piracicaba em 2000. Tem  poesias e textos em diversas coletâneas como Prêmio de Edição,  participou das coletâneas do Centro Literário de Piracicaba (CLIP)  e é colaboradora da página literária Prosa&Verso da Tribuna Piracicabana.
Em Dezembro de 2017 publicou o Livro: Trivialidades e Relevâncias: As escolhas poéticas no murmurar de um dia pela editora Gráfica Riopedrense. É membro do Centro Literário de Piracicaba. Tem cerca de 25 premiações em concursos diversos de prosa e de poesia.
2000 – 1º Prêmio de Poesia do Corredor Intermunicipal de Cultura (Coletânea)
2001 – 1º Lugar no X Concurso de Rio Claro
2003 e 2005 – Prêmio de Edição Clube Amigos das Letras (Coletânea)
2005 e Prêmio de Edição Taba Cultural
2005, 2006 e 2008 – Prêmio de Edição Edições Hoje
2006, 2008, 2010, 2012 e 2015 – Prêmio de Edição Litteris Editora.
2008 – Menção Honrosa no Prêmio Escriba de Poesia.
2012 –  1º Lugar - Prêmio Buriti
2012 e 2013 – 1º Lugar em Capivari - CNEC
2013 – 1º Lugar Academia Letras de São José da Boa Vista.
2013 – 1º Lugar em Contos - Prêmio Buriti
2014 – 3º Lugar em Contos Prêmio Buriti
2014 – Menção Honrosa em Poesia – Prêmio Buriti
2016 – Prêmio de Edição Editora Alternativa (Coletânea)
2017 – Livro Publicado pela Gráfica Riopedrense “Trivialidades e Relevâncias”.

Biografia de Carmelina de Toledo Piza - Cadeira no 29 - Patrono: Laudelina Cotrim de Castro)

Carmelina de Toledo Piza, nasceu em Tietê, em 20 de janeiro de 1952. Veio para Piracicaba com seis anos de idade. Passou infância até a idade adulta no bairro Pauliceia, de gente simples, contadores de histórias e cantadores de cururu. É contadora de histórias, professora, formada pelo Instituto Educacional Piracicabano. Cursou a Faculdade de Ciência e Letras na UNIMEP em Piracicaba. Fez Psicopedagogia e Mestrado em Educação Comunitária na UNISAL de Americana. Terminou os cursos de Pós Graduação em Arteterapia Aplicada e Mitologia, Contos de Fada e Psicologia Analítica na UNIP, SP. Em 1991, componente do grupo de literatura, GOLP de Piracicaba, participou da antologia "Mistérios do Engenho". em 1992 iniciou a Arte de Contar Histórias nas escolas. Em 1995 participou de mais uma antologia, "Contos Guardados, junto ao grupo de literatura GOLP. Em 1999 abriu o "Espaço para a Arte de Contar Histórias". Em 2003 escreveu o livro "Entrou por uma porta, saiu por outra, quem quiser que conte outra, edição própria. Em 2004 lançou os livros: "Caju uma História de Amor", edição própria e o livro "7 Encontros Histórias e Desenhos" edição própria. Em 2005 participou da antologia "Histórias que Amigos Contam", em 2006 "Amor Sempre... Sempre Amor". em 2008 "Caju uma História de Amor", edição especial pela Editora Adonis. Em 2010 "Passa Balaio Trançado De Sonhos" e conta uma história. em 2011 "Várias Histórias Carmelina" edição própria. Em 2016 os livros "Digui, Digui, Digui, Passa o Ponto" infantil e "Homens e Deusas no Erótico da Mulher". Em 2017 começou o programa de Rádio "Balaio Trançado de Histórias", pela Rádio Educativa FM de Piracicaba. Ministra aulas de contação de históriasna pós-graduação de Arteterapia Aplicada, na Mitologia, Consto de fada e Psicologia Analítica, UNIP, na faculdade Campos Elíseos, polo Americana.

Biografia de Elisabete Jurema Bortolin  - Cadeira no 7 - Patrono : Helly de Campos Melges

Nascida no dia 9 de setembro de 1954, em Piracicaba, filha de Antonio e Maria Pereira Bortolin. Formou-se em Letras (português/inglês) pela Universidade Metodista de Piracicaba em 1977. Publicou seus primeiros poemas na Página Literária do jornal “O Diário de Piracicaba”.
Seu primeiro livro individual, “Eu Sou poesia”, são cânticos em forma de poesia que foi publicado e lançado em Santos 2009. Depois dele publicou outro, intitulado “A luz de Deus é o farol no caminho” 2010, cujo intuito é incentivar o ser humano a olhar seu potencial divino. Viveu por muitos anos na cidade de Santos, onde foi júri de prêmios e concursos de poesia através da Academia Santista de Letras. Ganhadora do primeiro concurso digital de poesias na internet e posteriormente, foram cerca de 10 coletâneas das quais participou.Tem e-book e a maioria de suas poesias publicadas no site do Recanto das Letras e em seu blog pessoal Eu Sou Poesia.
Recentemente publicou, o livro “Retratos de Vidas”, com escritoras do Recanto dos Livros do Lar dos Velhinhos. A obra retratou, através de histórias de vida, perspectivas dos moradores do local. Além disso publica na página “Prosa e Verso”, em A Tribuna Piracicabana. Faz parte dos grupos literários locais CLIP e GOLP. Tem no prelo um novo livro, a ser lançado em junho, na FLISP, Feira Literária de São Paulo.



Nenhum comentário:

Galeria Acadêmica

1-Alexandre Sarkis Neder - Cadeira n° 13 - Patrono: Dario Brasil
2-André Bueno Oliveira - Cadeira n° 14 - Patrono: Branca Motta de Toledo Sachs
3-Antonio Carlos Fusatto - Cadeira n° 6 - Patrono: Nélio Ferraz de Arruda
4-Antonio Carlos Neder - Cadeira n° 15 - Patrono: Archimedes Dutra (in memoriam)
5-Aracy Duarte Ferrari - Cadeira n° 16 - Patrono: José Mathias Bragion
6-Armando Alexandre dos Santos- Cadeira n° 10 - Patrono: Brasílio Machado
7-Barjas Negri - Cadeira no 5 - Patrono: Leandro Guerrini
8-Carla Ceres Oliveira Capeleti - Cadeira n° 17 - Patrono: Virgínia Prata Gregolin
9-Carmen Maria da Silva Fernandez Pilotto - Cadeira n° 19 - Patrono: Ubirajara Malagueta Lara
10-Cássio Camilo Almeida de Negri - Cadeira n° 20 - Patrono: Benedito Evangelista da Costa
11- Luciano Martins Verdade-Cadeira n° 12 - Patrono: Ricardo Ferraz de Arruda Pinto
12-Edson Rontani Júnior - Cadeira n° 18 - Patrono: Madalena Salatti de Almeida
13-Elda Nympha Cobra Silveira - Cadeira n° 21 - Patrono: José Ferraz de Almeida Junior
14-Ésio Antonio Pezzato - cadeira no 31 - Patrono Victorio Angelo Cobra
15-Evaldo Vicente - Cadeira n° 23 - Patrono: Leo Vaz
16-Lídia Varela Sendin - Cadeira n° 8 - Patrono: Fortunato Losso Netto
17-Geraldo Victorino de França - Cadeira n° 27 - Patrono: Salvador de Toledo Pisa Junior (in memoriam)
18-Gregorio Marchiori Netto - Cadeira n° 28 - Patrono: Delfim Ferreira da Rocha Neto
19-Carmelina de Toledo Piza - Cadeira n° 29 - Patrono: Laudelina Cotrim de Castro
20-Ivana Maria França de Negri - Cadeira n° 33 - Patrono: Fernando Ferraz de Arruda
21-Jamil Nassif Abib (Mons.) - Cadeira n° 1 - Patrono: João Chiarini
22-João Baptista de Souza Negreiros Athayde - Cadeira n° 34 - Patrono: Adriano Nogueira
23-João Umberto Nassif - Cadeira n° 35 - Patrono: Prudente José de Moraes Barros
24-Leda Coletti - Cadeira n° 36 - Patrono: Olívia Bianco
25-Maria de Lourdes Piedade Sodero Martins - cadeira no 26 Patrono Nelson Camponês do Brasil
26-Maria Helena Vieira Aguiar Corazza - Cadeira n° 3 - Patrono: Luiz de Queiroz
27-Marisa Amábile Fillet Bueloni - cadeira no32 - Patrono Thales castanho de Andrade
28-Marly Therezinha Germano Perecin - Cadeira n° 2 - Patrona: Jaçanã Althair Pereira Guerrini
29-Mônica Aguiar Corazza Stefani - Cadeira n° 9 - Patrono: José Maria de Carvalho Ferreira
30-Myria Machado Botelho - Cadeira n° 24 - Patrono: Maria Cecília Machado Bonachela
31-Newman Ribeiro Simões - cadeira no 38 - Patrono Elias de Mello Ayres
32-Olívio Alleoni – Cadeira n° 25 – Patrono: Francisco Lagreca
33-Paulo Celso Bassetti - Cadeira n° 39 - Patrono: José Luiz Guidotti
34-Raquel Delvaje - Cadeira no 40 - Patrono Barão de Rezende
35- Elisabete Jurema Bortolin - Cadeira n° 7 - Patrono: Helly de Campos Melges
36-Sílvia Regina de OLiveira - Cadeira no 22 - Patrono Erotides de Campos
37-Valdiza Maria Caprânico - Cadeira no 4 - Patrono Haldumont Nobre Ferraz
38-Vitor Pires Vencovsky - Cadeira no 30 - Patrono Jorge Anéfalos
39-Waldemar Romano - Cadeira n° 11 - Patrono: Benedito de Andrade
40-Walter Naime - Cadeira no 37 - Patrono Sebastião Ferraz