Rio Piracicaba

Rio Piracicaba
Rio Piracicaba cheio (foto Ivana Negri)

Patrimônio da cidade, a Sapucaia florida (foto Ivana Negri)

Balão atravessando a ponte estaiada (foto Ivana Negri)

Diretoria

Diretoria da Academia Piracicabana de Letras

Presidente– Gustavo Jacques Alvim
Vice-Presidente– Cassio Camilo Almeida de Negri
Primeiro Secretário – Carmen Maria da Silva Fernandes Pilotto
Segundo Secretário – Evaldo Vicente
Primeiro Tesoureiro – Antônio Carlos Fusatto
Segundo Tesoureiro – Waldemar Romano
Bibliotecária – Aracy Duarte Ferrari

Conselho Fiscal

Walter Naime
Cezário de Campos Ferrari

Editor e Jornalista Responsável
João Umberto Nassif

Conselho editorial

Antonio Carlos Neder
Ivana Maria França de Negri
Carmen Maria da Silva Fernandez Pilotto
Myria Machado Botelho


Seguidores

sábado, 18 de dezembro de 2010

Sebastião Ferraz


Colaboração do Acadêmico Lino Vitti
Cadeira n° 37 - Patrono: Sebastião Ferraz

Um jornalista e tanto

Tinha a verve jornalística circulando-lhe pelo sangue. Tinha no cérebro peregrino a vocação para a notícia, o debate, a polêmica, a crítica, o louvor merecido, o estilo generoso. Sabia duelar nas boas causas, transmitir exatidão, aprofundar conceitos e debelar erros. Sua palavra, colocada em linhas de uma página de jornal, fulgurava como o raio em meio à tempestade, castigava, mas levava também, quando exigido, o frescor de uma brisa da tarde, a luz de um dia que desponta, a profundidade de uma sonda petrolífera, a beleza de uma noite de luar. Deitava, dormia, acordava, com alma recheada de ideias, cultura, notícias, e uma vontade irresistível de dizer, escrever, transmitir, debater, acertar, louvar e, quando necessário, dizer não aos desaforos da vida e do homem.
Conheci-o como diretor de “O Diário de Piracicaba”, em cujas páginas, diariamente, transmitia sua alma jornalística, vergastava aquilo de que discordasse, por prejudicial à cidade ou ao povo, mas tecia louvores ao bom, ao belo, ao exato, à luta do dia-a-dia da sociedade, com toda a sinceridade profissional de que era capaz. Com toda a contundência das páginas que vinham de seu trabalho, sempre ao fulgor da verdade e do brilhantismo de seu teclado, guiado por uma mentalidade ímpar de justiça, de vontade, de necessidade de vitória.
Tinha o jornalismo no sangue, disse eu acima. Por isso muitas vezes o sol nascente vinha iluminá-lo ainda na redação de seu jornal – O DIÁRIO – cuja circulação marcou época na história do jornalismo piracicabano. E tudo quanto merecesse ser digno de sua vocação, lá estava fulgurando nas páginas do matutino, para adentrar, ao raiar do dia, com hombridade, respeito e estima, o lar dos assinantes e dos leitores amigos, levando as boas e as más notícias, os belos artigos de colaboradores e o noticiário local, dos poderes públicos e do mundo inteiro. Como aliás merecem as famílias piracicabanas que amam seus diários jornalísticos, pela verdade, pela exatidão, pela beleza, pela poesia e prosa que neles se inserem.
Quem é, me perguntais, esse de que tão bem falas aqui, meu caríssimo conterrâneo? Ora não é charada nenhuma. É o meu patrono de Academia Piracicabana – o ínclito jornalista Sebastião Ferraz.

Nenhum comentário:

Galeria Acadêmica

Alexandre Sarkis Neder - Cadeira n° 13 - Patrono: Dario Brasil
André Bueno Oliveira - Cadeira n° 14 - Patrono: Branca Motta de Toledo Sachs
Antonio Carlos Fusatto - Cadeira n° 6 - Patrono: Nélio Ferraz de Arruda
Antonio Carlos Neder - Cadeira n° 15 - Patrono: Archimedes Dutra
Aracy Duarte Ferrari - Cadeira n° 16 - Patrono: José Mathias Bragion
Armando Alexandre dos Santos- Cadeira n° 10 - Patrono: Brasílio Machado
Barjas Negri - Cadeira no 5 - Patrono: Leandro Guerrini
Carla Ceres Oliveira Capeleti - Cadeira n° 17 - Patrono: Virgínia Prata Gregolin
Carmen Maria da Silva Fernandez Pilotto - Cadeira n° 19 - Patrono: Ubirajara Malagueta Lara
Cássio Camilo Almeida de Negri - Cadeira n° 20 - Patrono: Benedito Evangelista da Costa
Cezário de Campos Ferrari - Cadeira n° 12 - Patrono: Ricardo Ferraz do Amaral
Edson Rontani Júnior - Cadeira n° 18 - Patrono: Madalena Salatti de Almeida
Elda Nympha Cobra Silveira - Cadeira n° 21 - Patrono: José Ferraz de Almeida Junior
Ésio Antonio Pezzato - cadeira no 31 - Patrono Victorio Angelo Cobra
Evaldo Vicente - Cadeira n° 23 - Patrono: Leo Vaz
Felisbino de Almeida Leme - Cadeira n° 8 - Patrono: Fortunato Losso Netto
Geraldo Victorino de França - Cadeira n° 27 - Patrono: Salvador de Toledo Pisa Junior
Gregorio Marchiori Netto - Cadeira n° 28 - Patrono: Delfim Ferreira da Rocha Neto
Gustavo Jacques Dias Alvim - Cadeira n° 29 - Patrono: Laudelina Cotrim de Castro
Ivana Maria França de Negri - Cadeira n° 33 - Patrono: Fernando Ferraz de Arruda
Jamil Nassif Abib (Mons.) - Cadeira n° 1 - Patrono: João Chiarini
João Baptista de Souza Negreiros Athayde - Cadeira n° 34 - Patrono: Adriano Nogueira
João Umberto Nassif - Cadeira n° 35 - Patrono: Prudente José de Moraes Barros
Leda Coletti - Cadeira n° 36 - Patrono: Olívia Bianco
Maria Helena Vieira Aguiar Corazza - Cadeira n° 3 - Patrono: Luiz de Queiroz
Marisa Amábile Fillet Bueloni - cadeira no32 - Patrono Thales castanho de Andrade
Marly Therezinha Germano Perecin - Cadeira n° 2 - Patrona: Jaçanã Althair Pereira Guerrini
Maria de Lourdes Piedade Sodero Martins - Cadeira n° 26 - Patrono: Nelson Camponês do Brasil
Mônica Aguiar Corazza Stefani - Cadeira n° 9 - Patrono: José Maria de Carvalho Ferreira
Myria Machado Botelho - Cadeira n° 24 - Patrono: Maria Cecília Machado Bonachela
Newman Ribeiro Simões - cadeira no 38 - Patrono Elias de Mello Ayres
Olívio Alleoni – Cadeira n° 25 – Patrono: Francisco Lagreca
Paulo Celso Bassetti - Cadeira n° 39 - Patrono: José Luiz Guidotti
Raquel Delvaje - Cadeira no 40 - Patrono Barão de Rezende
Rosaly Aparecida Curiacos de Almeida Leme - Cadeira n° 7 - Patrono: Helly de Campos Melges
Sílvia Regina de OLiveira - Cadeira no 22 - Patrono Erotides de Campos
Valdiza Maria Caprânico - Cadeira no 4 - Patrono Haldumont Nobre Ferraz
Vitor Pires Vencovsky - Cadeira no 30 - Patrono Jorge Anéfalos
Waldemar Romano - Cadeira n° 11 - Patrono: Benedito de Andrade
Walter Naime - Cadeira no 37 - Patrono Sebastião Ferraz