Rio Piracicaba

Rio Piracicaba
Rio Piracicaba cheio (crédito da foto Ivana Negri)

Diretoria

Diretoria da Academia Piracicabana de Letras

Presidente– Gustavo Jacques Alvim
Vice-Presidente– Cassio Camilo Almeida de Negri
Primeiro Secretário – Carmen Maria da Silva Fernandes Pilotto
Segundo Secretário – Evaldo Vicente
Primeiro Tesoureiro – Antônio Carlos Fusatto
Segundo Tesoureiro – Waldemar Romano
Bibliotecária – Aracy Duarte Ferrari

Conselho Fiscal

Walter Naime
Cezário de Campos Ferrari

Editor e Jornalista Responsável
João Umberto Nassif

Conselho editorial

Antonio Carlos Neder
Ivana Maria França de Negri
Carmen Maria da Silva Fernandez Pilotto
Myria Machado Botelho


Seguidores

quinta-feira, 20 de fevereiro de 2014

Livros que me encantaram

João Umberto Nassif
Cadeira n° 35 - Patrono: Prudente José de Moraes Barros
                     
Não sei afirmar ao certo qual obra ou obras me marcaram, apenas descobri no mundo dos livros um universo pelo qual me encanto até hoje. Fiz uma pequena descrição de como foram meus primeiros contatos com livros. Lembro-me que ainda muito pequeno gostava de folhear a revista Cruzeiro.
As primeiras obras que me atraíram foram as adotadas pelo professor Hermann do Colégio Piracicabano, que nos fazia ler a cada dois meses uma obra de José Bento Renato Monteiro Lobato.  E resumi-las!  A principio li algumas que me lembro no momento:

Gostei tanto que acabei lendo as demais obras do autor.
De José Mauro de Vasconcelos li e me emocionei muito com “Meu Pé de Laranja Lima”. Barro Blanco.Vazante. Rosinha, Minha Canoa. Doidão As Confissões de Frei Abóbora. Rua Descalça
Li "2455-Cela da Morte" de  Caryl Whittier Chessman ou Caryl Chessman  que morreu em uma câmara de gás em 1960. Sua luta fez o Estado da Califórnia, assim como o resto do mundo, refletir sobre a pena de morte.
Wuthering Heights (traduzido para português como O Morro dos Ventos Uivantes) da escritora britânica Emily Brontë.
Um fato bastante curioso, eu já tinha lido muita coisa, Jorge Amado estava em voga, a Biblioteca Municipal funcionava na esquina da Rua Voluntários de Piracicaba com Rua Alferes José Caetano, em um prédio recém-demolido. Logo deois ela mudou para a Rua Prudente de Moraes entre as Ruas Governador Pedro  de Toledo, onde atualmente funciona o Sindicato dos Metalurgicos, no centro. Logo depois ela transferiu-se novamente para a Rua Moraes Barros entre as Rua do Rosário e Rua Tiradentes.
Eu queria ler as obras de Jorge Amado. Isso foi na decada de 60 a 70. Só que havia um grande problema: obras de Jorge Amado só eram emprestadas pela Biblioteca Municipal para maiores de 18 anos. Eu deveria ter entre 12 a 16 anos. Havia uma senhora, se não me engano Dona Jurema, que atendia aos consulentes durante o dia. Tentei tirar emprestado livro de Jorge Amado e ela zeloza pelos bons costumes me negou.  Condoido pela minha vontade de ler, lembro-me de um funcionário que trabalhava a noite, um grande camarada, o Pompeu. Passei a retirar e devolver os livros no período noturno. Asim pude ler as fantástiscas obras de Jorge Amado. Tais como:

Nenhum comentário:

Galeria Acadêmica

Alexandre Sarkis Neder - Cadeira n° 13 - Patrono: Dario Brasil
André Bueno Oliveira - Cadeira n° 14 - Patrono: Branca Motta de Toledo Sachs
Antonio Carlos Fusatto - Cadeira n° 6 - Patrono: Nélio Ferraz de Arruda
Antonio Carlos Neder - Cadeira n° 15 - Patrono: Archimedes Dutra
Aracy Duarte Ferrari - Cadeira n° 16 - Patrono: José Mathias Bragion
Armando Alexandre dos Santos- Cadeira n° 10 - Patrono: Brasílio Machado
Carla Ceres Oliveira Capeleti - Cadeira n° 17 - Patrono: Virgínia Prata Gregolin
Edson Rontani Júnior - Cadeira n° 18 - Patrono: Madalena Salatti de Almeida
Ésio Antonio Pezzato - cadeira no 31 - Patrono Victorio Angelo Cobra
Carmen Maria da Silva Fernandez Pilotto - Cadeira n° 19 - Patrono: Ubirajara Malagueta Lara
Cássio Camilo Almeida de Negri - Cadeira n° 20 - Patrono: Benedito Evangelista da Costa
Cezário de Campos Ferrari - Cadeira n° 12 - Patrono: Ricardo Ferraz do Amaral
Elda Nympha Cobra Silveira - Cadeira n° 21 - Patrono: José Ferraz de Almeida Junior
Evaldo Vicente - Cadeira n° 23 - Patrono: Leo Vaz
Felisbino de Almeida Leme - Cadeira n° 8 - Patrono: Fortunato Losso Netto
Geraldo Victorino de França - Cadeira n° 27 - Patrono: Salvador de Toledo Pisa Junior
Gregorio Marchiori Netto - Cadeira n° 28 - Patrono: Delfim Ferreira da Rocha Neto
Gustavo Jacques Dias Alvim - Cadeira n° 29 - Patrono: Laudelina Cotrim de Castro
Ivana Maria França de Negri - Cadeira n° 33 - Patrono: Fernando Ferraz de Arruda
Jamil Nassif Abib (Mons.) - Cadeira n° 1 - Patrono: João Chiarini
João Baptista de Souza Negreiros Athayde - Cadeira n° 34 - Patrono: Adriano Nogueira
João Umberto Nassif - Cadeira n° 35 - Patrono: Prudente José de Moraes Barros
Leda Coletti - Cadeira n° 36 - Patrono: Olívia Bianco
Maria Helena Vieira Aguiar Corazza - Cadeira n° 3 - Patrono: Luiz de Queiroz
Marisa Amábile Fillet Bueloni - cadeira no32 - Patrono Thales castanho de Andrade
Marly Therezinha Germano Perecin - Cadeira n° 2 - Patrona: Jaçanã Althair Pereira Guerrini
Maria de Lourdes Piedade Sodero Martins - Cadeira n° 26 - Patrono: Nelson Camponês do Brasil
Mônica Aguiar Corazza Stefani - Cadeira n° 9 - Patrono: José Maria de Carvalho Ferreira
Myria Machado Botelho - Cadeira n° 24 - Patrono: Maria Cecília Machado Bonachela
Newman Ribeiro Simões - cadeira no 38 - Patrono Elias de Mello Ayres
Olívio Alleoni – Cadeira n° 25 – Patrono: Francisco Lagreca
Paulo Celso Bassetti - Cadeira n° 39 - Patrono: José Luiz Guidotti
Rosaly Aparecida Curiacos de Almeida Leme - Cadeira n° 7 - Patrono: Helly de Campos Melges
Sílvia Regina de OLiveira - Cadeira no 22 - Patrono Erotides de Campos
Valdiza Maria Caprânico - Cadeira no 4 - Patrono Haldumont Nobre Ferraz
Vitor Pires Vencovsky - Cadeira no 30 - Patrono Jorge Anéfalos
Waldemar Romano - Cadeira n° 11 - Patrono: Benedito de Andrade
Walter Naime - Cadeira no 37 - Patrono Sebastião Ferraz