Rio Piracicaba

Rio Piracicaba
Rio Piracicaba cheio (crédito da foto Ivana Negri)

Diretoria

Diretoria da Academia Piracicabana de Letras

Presidente– Gustavo Jacques Alvim
Vice-Presidente– Cassio Camilo Almeida de Negri
Primeiro Secretário – Carmen Maria da Silva Fernandes Pilotto
Segundo Secretário – Evaldo Vicente
Primeiro Tesoureiro – Antônio Carlos Fusatto
Segundo Tesoureiro – Waldemar Romano
Bibliotecária – Aracy Duarte Ferrari

Conselho Fiscal

Walter Naime
Cezário de Campos Ferrari

Editor e Jornalista Responsável
João Umberto Nassif

Conselho editorial

Antonio Carlos Neder
Ivana Maria França de Negri
Carmen Maria da Silva Fernandez Pilotto
Myria Machado Botelho


Seguidores

terça-feira, 23 de novembro de 2010

Colaboração do Acadêmico Cássio Camilo Almeida de Negri - Cadeira no 20 - Patrono Benedito Evangelista da Costa


Batalha Perdida


Corriam os anos dourados, nos fins dos anos sessenta, quando ainda existiam professores que realmente ensinavam com orgulho.
Era a época em que se dava mais importância a deveres cumpridos do que a direitos exigidos, pois a teoria era que, quando todos cumprem seu dever, não há direitos a serem exigidos.
O jovem de quinze anos estudava na escola pública e, naquela época, as escolas públicas eram melhores do que as particulares.
O jovem estava feliz, pois se aproximava o final de ano e, junto com ele, as férias escolares; antes porém, teria que transpor os obstáculos dos exames finais.
Durante o ano todo tivera notas baixas nas provas bimestrais e agora, para o exame final, bastaria estudar um pouco para vencer novamente aquele ano letivo.
O dia fatídico chegou e, quando foi verificar as notas, não podia acreditar, em vermelho estava escrito “reprovado” na matéria desenho geométrico .
O sangue subiu à cabeça, e num ímpeto de vergonha e raiva, pensou em jogar ácido muriático daquele vidro que tinha em casa, no capô e no teto do carro do professor.
Não levou adiante o intento e resolveu apenas falar com o mestre.
No diálogo, o professor responde calmamente com a convicção de quem cumpriu seu dever:
– Cássio, você foi reprovado por meio ponto, mas eu não pos¬so lhe dar esse meio ponto porque você não mereceu.Vi suas notas desde o primeiro ano ginasial e você, todo ano, tira notas baixas todos os meses e só no exame final se esforça para passar de ano. Portanto, você é inteligente, mas preguiçoso. Será inapelavelmente reprovado e um dia no futuro irá me agradecer.
Saindo dali, o jovem sentiu o gosto da derrota. Perdera o ano, enquanto seus colegas passaram à sua frente.
O ano seguinte se iniciou e outro, mais outros anos se passaram, e dali em diante, Cássio também passou a tirar somente notas altas durante todo o ano, tornando-se ótimo aluno.
Assim, após esta transformação, passou também na faculdade de medicina.
Já formado médico, após doze anos, numa tarde entra em seu consultório aquele professor para se submeter a um exame. Começam a conversar sobre os velhos tempos, pois nunca mais haviam se encontrado.
Relembram a reprovação, quando o ex-aluno diz:
– Professor Costa, quero lhe agradecer pelo senhor ter um dia me reprovado, pois se não o fizesse, hoje eu não estaria aqui fazendo este exame, continuaria preguiçoso e não teria me formado médico.
Os olhos do velho professor se enchem de lágrimas e ele diz:
– Caro doutor, muitas vezes é necessário perder uma batalha para se ganhar uma guerra.


(Texto escrito em homenagem ao professor Benedito Evangelista Costa, meu professor no Sud Mennucci e patrono na APL)

Nenhum comentário:

Galeria Acadêmica

Alexandre Sarkis Neder - Cadeira n° 13 - Patrono: Dario Brasil
André Bueno Oliveira - Cadeira n° 14 - Patrono: Branca Motta de Toledo Sachs
Antonio Carlos Fusatto - Cadeira n° 6 - Patrono: Nélio Ferraz de Arruda
Antonio Carlos Neder - Cadeira n° 15 - Patrono: Archimedes Dutra
Aracy Duarte Ferrari - Cadeira n° 16 - Patrono: José Mathias Bragion
Armando Alexandre dos Santos- Cadeira n° 10 - Patrono: Brasílio Machado
Carla Ceres Oliveira Capeleti - Cadeira n° 17 - Patrono: Virgínia Prata Gregolin
Carmen Maria da Silva Fernandez Pilotto - Cadeira n° 19 - Patrono: Ubirajara Malagueta Lara
Cássio Camilo Almeida de Negri - Cadeira n° 20 - Patrono: Benedito Evangelista da Costa
Cezário de Campos Ferrari - Cadeira n° 12 - Patrono: Ricardo Ferraz do Amaral
Edson Rontani Júnior - Cadeira n° 18 - Patrono: Madalena Salatti de Almeida
Elda Nympha Cobra Silveira - Cadeira n° 21 - Patrono: José Ferraz de Almeida Junior
Ésio Antonio Pezzato - cadeira no 31 - Patrono Victorio Angelo Cobra
Evaldo Vicente - Cadeira n° 23 - Patrono: Leo Vaz
Felisbino de Almeida Leme - Cadeira n° 8 - Patrono: Fortunato Losso Netto
Geraldo Victorino de França - Cadeira n° 27 - Patrono: Salvador de Toledo Pisa Junior
Gregorio Marchiori Netto - Cadeira n° 28 - Patrono: Delfim Ferreira da Rocha Neto
Gustavo Jacques Dias Alvim - Cadeira n° 29 - Patrono: Laudelina Cotrim de Castro
Ivana Maria França de Negri - Cadeira n° 33 - Patrono: Fernando Ferraz de Arruda
Jamil Nassif Abib (Mons.) - Cadeira n° 1 - Patrono: João Chiarini
João Baptista de Souza Negreiros Athayde - Cadeira n° 34 - Patrono: Adriano Nogueira
João Umberto Nassif - Cadeira n° 35 - Patrono: Prudente José de Moraes Barros
Leda Coletti - Cadeira n° 36 - Patrono: Olívia Bianco
Maria Helena Vieira Aguiar Corazza - Cadeira n° 3 - Patrono: Luiz de Queiroz
Marisa Amábile Fillet Bueloni - cadeira no32 - Patrono Thales castanho de Andrade
Marly Therezinha Germano Perecin - Cadeira n° 2 - Patrona: Jaçanã Althair Pereira Guerrini
Maria de Lourdes Piedade Sodero Martins - Cadeira n° 26 - Patrono: Nelson Camponês do Brasil
Mônica Aguiar Corazza Stefani - Cadeira n° 9 - Patrono: José Maria de Carvalho Ferreira
Myria Machado Botelho - Cadeira n° 24 - Patrono: Maria Cecília Machado Bonachela
Newman Ribeiro Simões - cadeira no 38 - Patrono Elias de Mello Ayres
Olívio Alleoni – Cadeira n° 25 – Patrono: Francisco Lagreca
Paulo Celso Bassetti - Cadeira n° 39 - Patrono: José Luiz Guidotti
Rosaly Aparecida Curiacos de Almeida Leme - Cadeira n° 7 - Patrono: Helly de Campos Melges
Sílvia Regina de OLiveira - Cadeira no 22 - Patrono Erotides de Campos
Valdiza Maria Caprânico - Cadeira no 4 - Patrono Haldumont Nobre Ferraz
Vitor Pires Vencovsky - Cadeira no 30 - Patrono Jorge Anéfalos
Waldemar Romano - Cadeira n° 11 - Patrono: Benedito de Andrade
Walter Naime - Cadeira no 37 - Patrono Sebastião Ferraz