Rio Piracicaba

Rio Piracicaba
Rio Piracicaba cheio (foto Ivana Negri)

Patrimônio da cidade, a Sapucaia florida (foto Ivana Negri)

Balão atravessando a ponte estaiada (foto Ivana Negri)

Diretoria

Diretoria da Academia Piracicabana de Letras

Presidente– Gustavo Jacques Alvim
Vice-Presidente– Cassio Camilo Almeida de Negri
Primeiro Secretário – Carmen Maria da Silva Fernandes Pilotto
Segundo Secretário – Evaldo Vicente
Primeiro Tesoureiro – Antônio Carlos Fusatto
Segundo Tesoureiro – Waldemar Romano
Bibliotecária – Aracy Duarte Ferrari

Conselho Fiscal

Walter Naime
Cezário de Campos Ferrari

Editor e Jornalista Responsável
João Umberto Nassif

Conselho editorial

Antonio Carlos Neder
Ivana Maria França de Negri
Carmen Maria da Silva Fernandez Pilotto
Myria Machado Botelho


Seguidores

sábado, 29 de outubro de 2011

SEGREDOS PARA VIVER MELHOR

Maria Helena Vieira Aguiar Corazza
Cadeira n° 3 - Patrono: Luiz de Queiroz
A vida tem mostrado pessoas que estão sempre doentes e outras mais fortes que dificilmente adoecem. Qual será o segredo ou o motivo disso? Porque alguns têm muito mais saúde que outros? Matutando sobre o assunto encontrei pesquisas de autores que traduziram experiências de um grande numero de gente transformando este trabalho em livros que se tornaram verdadeiros “best seller”. Então, achei muito importante levar aos meus leitores uma porção de conclusões benéficas que, se aceitas e aplicadas poderão se tornar uma fonte saudável de mais alegria de viver sadiamente.
Dentre as muitas dicas apresentadas, a “água” (que pode ser adicionada a sucos naturais, chás e água de coco), ocupa um lugar primordial na saúde do indivíduo, assim como comer mais nozes, várias frutas e alimentos da sua região, usar mais alho na comida, conhecer os benefícios da soja pela longevidade e outros atributos que traz, os integrais diariamente, usar menos carne vermelha e mais peixes, principalmente os de água fria investindo assim, mais no “ômega três”, sempre os vegetais na mesa crus ou cozidos, principalmente o brócolis que é tão anti-cancerígeno, trocar muito café diário pelo chá verde, comer mais iogurte e evitar o cigarro e o álcool. A laranja é bem citada pela vitamina “C”, controlar bem o sal e desfrutar do sol, sobretudo o da manhã, e nada de moleza, aproveitar o contato com a natureza pisar na grama, olhar as flores e as árvores, ouvir os pássaros e praticar esportes (caminhadas para fortalecer ossos e articulações e fugir do colesterol, por exemplo), respirar com inteligência e ter atitudes positivas e ser muito mais ativo, fazer amigos e ser até um voluntário ao encontrar a causa certa de um trabalho social, nem que seja uma noite por semana para reuniões de crescimento, tanto para o favorecido, como para quem professa. Brincar com as crianças e curtir algum animal, fazer seu jardim se souber e gostar, e cochilar depois do almoço então será um bem descomunal que se faz a si... Praticar sexo com prazer e dormir bem, conhecer melhor a “ioga” (aqui é preciso consultar, pela quantidade inacreditável de bens que ela proporciona...) Cuidar dos dentes (pesquisar para ver a importância desse item), e fracionar a dieta, isto é: comer mais vezes ao dia em porções menores para não ficar com uma fome exagerada após passar muito tempo, e querer comer depois, tudo de uma só vez. Aprender a fazer planos para que, os inúmeros compromissos não afetem o sistema nervoso, hormonal e imunológico provenientes das tensões provocadas pelas correrias na vida atual. “Diminuir a dispensa” e trocar os pratos grandes por menores foi mostrado que dá uma diferença de 30% nas calorias. Definir seus propósitos e cultivar a fé entendendo que a religião dá uma outra dimensão às vitórias e às perdas e uma esperança e uma coragem que, sem ela tudo fica mais difícil para sobreviver. Criar um tempo para a família e ser amoroso, agradável, gentil e generoso com ela, ouvir mais o próximo e pensar menos em si mesmo, e perdoar sempre que for preciso. Estudar muito e fazer o que gosta (sua vocação?), ouvir sua musica preferida, são maneiras interessantes e preciosos antídotos contra angustias, depressões e momentos desagradáveis, e nunca se esquecer que você merece “ter um dia só para você”, para meditar, refletir e orar, e se um dia for muito, pelo menos, quinze ou vinte minutos diários para não fazer nada, apenas para relaxar e pensar...
Importantíssimo é enfim, desacelerar o ritmo, a fim de conseguir “celebrar a Vida”, aliás, o bem mais precioso que temos, fazendo com que a nossa “emoção” jamais esmoreça e sempre sobreviva!

Nenhum comentário:

Galeria Acadêmica

Alexandre Sarkis Neder - Cadeira n° 13 - Patrono: Dario Brasil
André Bueno Oliveira - Cadeira n° 14 - Patrono: Branca Motta de Toledo Sachs
Antonio Carlos Fusatto - Cadeira n° 6 - Patrono: Nélio Ferraz de Arruda
Antonio Carlos Neder - Cadeira n° 15 - Patrono: Archimedes Dutra
Aracy Duarte Ferrari - Cadeira n° 16 - Patrono: José Mathias Bragion
Armando Alexandre dos Santos- Cadeira n° 10 - Patrono: Brasílio Machado
Barjas Negri - Cadeira no 5 - Patrono: Leandro Guerrini
Carla Ceres Oliveira Capeleti - Cadeira n° 17 - Patrono: Virgínia Prata Gregolin
Carmen Maria da Silva Fernandez Pilotto - Cadeira n° 19 - Patrono: Ubirajara Malagueta Lara
Cássio Camilo Almeida de Negri - Cadeira n° 20 - Patrono: Benedito Evangelista da Costa
Cezário de Campos Ferrari - Cadeira n° 12 - Patrono: Ricardo Ferraz do Amaral
Edson Rontani Júnior - Cadeira n° 18 - Patrono: Madalena Salatti de Almeida
Elda Nympha Cobra Silveira - Cadeira n° 21 - Patrono: José Ferraz de Almeida Junior
Ésio Antonio Pezzato - cadeira no 31 - Patrono Victorio Angelo Cobra
Evaldo Vicente - Cadeira n° 23 - Patrono: Leo Vaz
Felisbino de Almeida Leme - Cadeira n° 8 - Patrono: Fortunato Losso Netto
Geraldo Victorino de França - Cadeira n° 27 - Patrono: Salvador de Toledo Pisa Junior
Gregorio Marchiori Netto - Cadeira n° 28 - Patrono: Delfim Ferreira da Rocha Neto
Gustavo Jacques Dias Alvim - Cadeira n° 29 - Patrono: Laudelina Cotrim de Castro
Ivana Maria França de Negri - Cadeira n° 33 - Patrono: Fernando Ferraz de Arruda
Jamil Nassif Abib (Mons.) - Cadeira n° 1 - Patrono: João Chiarini
João Baptista de Souza Negreiros Athayde - Cadeira n° 34 - Patrono: Adriano Nogueira
João Umberto Nassif - Cadeira n° 35 - Patrono: Prudente José de Moraes Barros
Leda Coletti - Cadeira n° 36 - Patrono: Olívia Bianco
Maria Helena Vieira Aguiar Corazza - Cadeira n° 3 - Patrono: Luiz de Queiroz
Marisa Amábile Fillet Bueloni - cadeira no32 - Patrono Thales castanho de Andrade
Marly Therezinha Germano Perecin - Cadeira n° 2 - Patrona: Jaçanã Althair Pereira Guerrini
Maria de Lourdes Piedade Sodero Martins - Cadeira n° 26 - Patrono: Nelson Camponês do Brasil
Mônica Aguiar Corazza Stefani - Cadeira n° 9 - Patrono: José Maria de Carvalho Ferreira
Myria Machado Botelho - Cadeira n° 24 - Patrono: Maria Cecília Machado Bonachela
Newman Ribeiro Simões - cadeira no 38 - Patrono Elias de Mello Ayres
Olívio Alleoni – Cadeira n° 25 – Patrono: Francisco Lagreca
Paulo Celso Bassetti - Cadeira n° 39 - Patrono: José Luiz Guidotti
Raquel Delvaje - Cadeira no 40 - Patrono Barão de Rezende
Rosaly Aparecida Curiacos de Almeida Leme - Cadeira n° 7 - Patrono: Helly de Campos Melges
Sílvia Regina de OLiveira - Cadeira no 22 - Patrono Erotides de Campos
Valdiza Maria Caprânico - Cadeira no 4 - Patrono Haldumont Nobre Ferraz
Vitor Pires Vencovsky - Cadeira no 30 - Patrono Jorge Anéfalos
Waldemar Romano - Cadeira n° 11 - Patrono: Benedito de Andrade
Walter Naime - Cadeira no 37 - Patrono Sebastião Ferraz